quinta-feira, abril 15, 2010

[ROAD TRIP] Parte 2 - Comer e ir à casa de banho...

Continuação da Parte 1 - O Embarque.

Pouco depois de alguma conversa, o cansaço estampado no rosto de cada um fez-se sentir ainda mais e já começava a pesar nas pálpebras... Alguns resistentes foram-se mantendo acordados, enquanto que outros fecharam os olhos por instantes (que por menos que nos possa ter parecido, duraram sagradas horas!). Mas por mais intervalos de "olhos fechados" que se fizesse, nunca se teria a sensação de uma noite bem dormida ali dentro... O autocarro até era confortável, mas não era a minha cama (ponto!).

Fizemos algumas paragens pela viagem durante a noite, uns iam à casa de banho, outros martelavam mais um prego no caixão (i.e. fumavam) e outros faziam as duas coisas.

Um primeiro parêntesis: a propósito do verbo "martelar", há aí um vídeo do nosso Embaixador muito interessante... A ver se falo dele mais para a frente! ;)

Apesar das várias meninas que nos acompanharam na viagem, a bexiga mais sensível era a do nosso grande (mesmo grande!) amigo Dedezani (ou Namath, ou Dezanini, ou Dezinani, ou qualquer outra coisa que saísse na hora...). A prova disso, está na foto seguinte, que mostra uma paragem "de emergência" num parque de merendas para o senhor poder aliviar-se. Certo é que nunca ia sozinho (como se vê na foto, também "a noiva" foi atrás!), mas era sempre ele que desesperava por fazer uma paragem...


Segundo parêntesis: qualquer interpretação menos abonatória para os membros citados no parágrafo anterior, mais exactamente acerca da frase em que é usado o verbo "aliviar", não é da minha responsabilidade nem foi minha intenção provocá-la. :)

Ao fim da manhã, paramos numa estação de serviço para almoçar. Como quase toda a gente tinha levado a sua marmita, e como não havia um espaço exterior para refeições, acabamos por almoçar junto ao autocarro. 

O Eínon tinha um saco de pão de forma para abrir...
Claro está que nada melhor do que sacar da sua arma branca para o fazer! =D

Não fosse o frio que se fazia sentir e a chuva - facto esse talvez só perceptível pelos pescoços do Gamer e do Bacvs enfiados entre os ombros, e o meu capuz metido na cabeça -, e o almoço até teria sido bastante agradável.

A minha cara na foto ao lado explica-se facilmente pelo simples razão de não ter dado uma única dentada naquela bola de carne, que  era do Nine e que a Maria Sofia estava a cortar com a arma branca do Eínon.

E agora, com a fome que estou, ver esta foto deixa-me ainda mais desagradado. Mas na verdade, nem sei bem porque não cheguei a provar a bola... Com certeza não me negariam um pedaço.... =P

Importa talvez acrescentar ainda que apesar do "beicinho", o meu croquete e a minha sande mista, acompanhados de Lays camponesas estavam muito bons!

De volta para dentro do autocarro, estávamos novamente em viagem, sobre rodas em direcção à cidade do amor: Paris.

(continua...)

0 comentário(s):

Este blogue pertence a Marcos Bessa, eu próprio, e tudo o que aqui escrevo diz respeito apenas e só à minha opinião pessoal ou visão dos mais variados assuntos do quotidiano e não pode ser jamais confundido com a opinião, ideologia ou ponto de vista de qualquer outra entidade que possa estar ligada a mim, como seja a empresa que me emprega neste momento: LEGO System A/S.
Todo o conteúdo original deste blog não pode ser copiado, seja integral ou parcialmente, sem a devida referência à sua origem e um link para a mesma.
Todos os comentários publicados são da total responsabilidade dos seus autores.
Este blogue não tem qualquer apoio ou ligação com qualquer empresa aqui mencionada.