terça-feira, dezembro 20, 2011

[COVER] Adele - Someone Like You

Já por algumas vezes tive vídeos meus a cantar publicados no youtube, mas sempre me senti muito inseguro em relação a eles... Começo a achar que já tenho idadinha mais do que suficiente para lidar com este medo parvo e lidar com as críticas - sejam elas quais forem. É um facto: adoro cantar e não sou o pior cantor do mundo... como tudo o que vou fazendo, quero partilhá-lo com vocês.

Aqui fica então uma cover que fiz ontem em casa. "Someone Like You" da Adele é sem dúvida já um clássico e muito provavelmente A Canção do momento. Toda a gente já a cantou no youtube... eu sou apenas mais um, mas não queria deixar de gravar a minha versão, visto que é uma das músicas que mais gosto de cantar. Gravei algumas versões até me decidir a publicar o vídeo. Havia sempre algo que não gostava, um desafinanço aqui, outro ali, uma entrada atrasada... mas como isto foi gravado ao vivo, sem qualquer edição, nunca ia ficar perfeito... acabei por parar nesta que foi praí a oitava versão. Eheh... Espero que gostem.


Até logo.
Leia mais...

sábado, dezembro 17, 2011

Carta ao meu avô.

Ontem realizou-se a Eucaristia de Sétimo Dia em memória do meu Avô Maximino, pai do meu pai, aquele que tinha a alcunha de Vint'oito. Li-lhe uma carta no final da cerimónia.

Olá avô, 
Estejas onde estiveres quero falar contigo uma vez mais. Mais do que minhas, estas são palavras dos teus netos, dos teus filhos, noras e genros, dos teus amigos e, sobretudo, da tua "boneca", que era o nome pelo qual carinhosamente tratavas a avó.
Estava bem longe quando a tua passagem por este mundo terminou. Vi-te a ultima vez com vida e de olhos bem abertos à minha frente quando me despedi de ti em Outubro passado. Estavas triste... "O Natal está aí à porta, não tarda nada estou cá de volta!" Era assim que eu amenizava sempre as despedidas, tentando desvalorizar o tempo que levaria até que nos voltássemos a ver. Sorria enquanto o meu coração chorava apertado com medo de ser aquela a última vez que te via... Nunca estamos preparados para dizer adeus de verdade, não é avô? E nós, ainda crianças a aprender a viver neste mundo de crescidos, estávamos mal habituados... Eu estava mal habituado. Até hoje tinha perdido apenas uma pessoa que nos era muito querida a todos. Sabes de quem estou a falar... Estás agora ao lado dela. 
Já lá vão mais de 12 anos, e apesar de nunca ter esquecido a alegria de viver da Madrinha, a gente acaba por se acostumar ao vazio que só se preenche com as boas memórias com que ela nos deixou. Tinha apenas 10 anos, feitos no dia em que ela partiu e não fui capaz de me ir despedir ao seu funeral. 
Quis Deus ou o destino - ou os dois que talvez sejam um só - que eu não tivesse chegado a tempo do teu funeral. Contaram-me que foi lindo. Estavas rodeado de amor... Tanta gente que te admirava e que nunca se esquecerá de ti. Lembro-me de me dizeres muitas vezes que a grandeza de uma pessoa se media pelo número de pessoas que vinham ao seu funeral. Foste sem dúvida um grande homem, avô. 
Felizmente tive a oportunidade de ver o teu corpo uma vez mais antes de o descerem à tua ultima morada. Era apenas um corpo, porque tu já lá não estavas. Tentei falar contigo mas já não me respondias... mas estavas lindo, avô, como sempre. Deixaste este mundo em paz e sem sofrimento. Tiveste a morte santa que tanto desejavas, como o teu pai. 
Hoje não estás mais aqui em carne, mas continuas connosco em espírito. Estás-me no sangue, estás-me na pele. Literalmente. E nunca cheguei a mostrar-te como estás gravado em mim...
Tiveste uma vida difícil, trabalhaste sempre imenso e o esforço do teu trabalho deu frutos. Estão à vista de qualquer um e eras o homem mais orgulhoso do mundo pela família que tinhas. Mas nós somos a família mais sortuda por te termos tido connosco por tanto tempo. Podia chorar pelos anos que não tive contigo, pelas coisas que não partilhamos... - e tinha tanto ainda para partilhar contigo, avô... - mas foi sempre o teu espirito alegre e o teu sorriso constante que me tornaram numa pessoa positiva, sonhadora e, acima de tudo, num lutador. E é por isso que agora, apesar das lagrimas, estou feliz. Tive o melhor avô do mundo. 
Queria chegar a ter netos e poder brincar com eles e ainda assim, poder beijar a pele macia da avó e sentir o teu abraço forte, avô. Queria poder parar os relógios que ditam o inicio e o fim da vida de cada um. Mas a vida é mesmo assim... 
Tinha tanto que te podia dizer... Tantas boas recordações que podia partilhar... Das manhãs que esperavas pelos teus netos para nos levares à escola, as tardes em que esperavas por nós na tua carrinha verde, enquanto ouvias o recitação do terço nas alturas, as imensas histórias que partilhavas connosco... Mas ainda vamos conversar muitas vezes. Temos todo o tempo do mundo... Agora mais do que nunca. 
Mesmo que nunca mais ouça as tuas palavras na tua voz grave e volumosa, capaz de se ouvir em qualquer lugar, mesmo que nunca mais me respondas com palavras, teremos todos para sempre na nossa memória o teu sorriso, o exemplo que foste e serás sempre de coragem, força, garra, vontade de viver, de trabalhar, de fazer, de conquistar... Serás sempre lembrado pelo grande homem que foste. Jamais alguém que te tenha conhecido poderá esquecer o Sr. Vint'oito.
Não eras apenas o Amor da avó, eras o amor de todos nós... 
E sempre que fecharmos os olhos e pensarmos em ti, ver-te-emos ao lado da tua afilhada, a sorrir. Apazigua-nos o coração saber que não estás aí sozinho. 
Desculpa pela simplicidade desta carta. Tu merecias mais, muito mais, mas é impossível pôr em palavras tudo o que foi, é ainda e sempre será uma pessoa tão especial como tu.
Uma ultima coisa, avô... Quando era pequenino, rezava todas as noites ao meu anjinho da guarda... Depois cresci e comecei a achar estranho pedir que me protegessem a alguém que não conhecia, em quem não confiava, que nem sabia se realmente estava ali para mim. Agora tudo é diferente... sei que estás aí, sempre, para sempre.
Anjinho da guarda, minha companhia, guarda as nossas almas, de noite e de dia. 
Até sempre, avô.
Leia mais...

domingo, novembro 20, 2011

O Bigode - o regresso!

Lembram-se deste post: O porquê do meu bigode...?

Passado um ano, cá está ele novamente.... e a crescer! :)


Até logo.
Leia mais...

sábado, novembro 05, 2011

[CONCEPT] My Heart Is Broken by Evanescence

This is a concept for the music video of the second single of the recently edited self-titled Evanescence's album. The song chosen as a single after the explosive "What You Want" is the rock ballad My Heart Is Broken. With my own interpretation of the lyrics, I ended up creating a story to be told with this song with what could be an epic Evanescence video.


(concept idealized for the original version of the song, with 4:30 minutes)

00:00
The video starts with Amy, wearing a light colored dress. She's sneaking out of a room with a key on her hand that she has just found and on one of the walls she notices some photos of different women and newspaper articles about those same missing women. She's one of them. When she finally gets out of the room, we can see a man sitting on a couch watching TV. She walks carefully behing him, towards the door to escape.

00:24
Amy is finally outside. We see a house in the woods with a porch, from which she runs as fast as she can.

00:27
With the piano coming in, we see the first "performance moment" with a close up to Amy's hands playing the addictive main melody of the song. In between we see her running desperately in the woods, with no idea of where to go. Close to the end of this section, there's a scene on the inside of the house again, showing The Man realizing that she's not there anymore.

00:37
With the guitars, come in the furious steps of that man into the screen. We see him running after her.
The chasing scene is interspersed with shots of the band performing on the top of a hill. Behind them there's the woods, and right on the edge it's Amy and her magnificent piano which have the feet merging into the ground as if they were roots of a tree. Amy is wearing a long light dress, with many layers of silk floating with the wind.

01:18
When we finally get to the chorus, we see The Man reaching Amy. She fights to free herself from his hands, but she's week and ends up quitting.

01:42
The second verse shows Amy going back to the house, dragged by The Man. On their way, there's something that she starts to see in between the trees. The women's spirits that she saw on that wall are there with her. As they come closer, we are shown some shots of bits of what was their story: the way The Man treated them, how they died, how he actually cared for them in a sick way, how he even suffered crying over their dead bodys... By getting closer, they are also trying to give strength to Amy so she can release herself from that Man's arms and run again. Until the end of this section, we start to see some bits of Amy singing (another "performance moment") inside the house, standing in the center of the living room with flames all around her.

02:32
During the second chorus, Amy hurts him on his eyes somehow and finally frees herself. We see the band again, performing on top of the hill, as we see him running after her.

02:52
The Man gets to the same top of the hill we've been seeing the Band performing and he's surprised not to see Amy. He goes closer to the edge, wandering if she would have jumped.

03:10 "Say good bye..."
Amy suddenly shows up, behind him. When he turns around, he not only sees her but every women he once kidnaped. They all fly into him, as spirits that they are, making him "fly" of the hill.

03:21
We see an amazing shot coming from below, showing all the greatness of that hill where Amy is playing her magnificent piano with the band behing supporting her. There can be some images in between as well from the other "performance moment" with Amy inside the burning house.

03:35
Amy, the only one left on the top of the hill after The Man "jumped", starts slowly running back to the house. She knows she still needs to do something for those women. When she gets there, she starts spreading gasoline all around and sets fire to everything. She's now in the middle of the house, surrounded by flames all around. The spirits of the women that were still lingered to that house show up again, surrounding her. They're finally about to be free. With the last chorus the wooden house starts to crumble. Amy is still on the inside. The band still shows up playing for bits and pieces.

04:26
With the end of the song, we see Amy standing up, from the burned ground, surrounded by aches. As she stands, a wind-whirl of smoke flys up from her: the spirits that protected her from the flames are finally free from that house that trapped all of them for so long. As she is now.


Amy Lee, the vocalist of Evanescence, asked the fans to send their ideas for the video of this song if they had any. Here's mine. Let's see if I can make it get to her! :)
Leia mais...

sábado, outubro 29, 2011

Ir ao WC nunca mais será o mesmo!


Se não é uma daquelas pessoas criativas que leva sempre consigo um bloco e uma caneta quanto vai para a casa de banho, ou se também não é um desses intelectuais que não passa sem uma boa dose de leitura mesmo nos momentos mais "merdosos", não desespere! (Isto dito em Inglês soa muito melhor; maldito cérebro que já está todo trocado: o processo agora é inverso!)

Porque as idas à casa de banho não têm de ser monótonas e aborrecidas, chegaram estes tanquinhos de pesca!

Provavelmente numa loja perto de si ou senão pode sempre encontrá-los em Vejle, Dinamarca! ;)

Bom fim-de-semana!
Leia mais...

quarta-feira, outubro 26, 2011

[NEW LIFE] Day B023 - Tempos de mudança

Já lá vai tanto tempo desde que escrevi nesta minha série de posts "NEW LIFE" que já estamos no ano B e ainda não me tinha apercebido... :)

E agora, um ano depois de me ter mudado para Billund, Dinamarca, chegou a hora de mudar novamente... Dar o passo seguinte!

Acalmem-se, não estou a falar de casamento! ehehe Mas sim de casa nova, ou apartamento.

Este fim-de-semana em princípio mudo-me para o meu novo lar desta vez em Vejle, uma cidade que fica a 30km de Billund (onde trabalho) mas que é bem maior e mais agitada que esta pasmaceira onde vivo agora. Eu gosto desta cidadezinha e acho-a óptima para viver em família, mas para um jovem solteiro como eu a conversa já não é a mesma. E se durante muito tempo achei que podia perfeitamente viver aqui, aproveitar estar tão perto do trabalho, hoje a minha opinião é completamente a oposta!

É certo também que há uns meses o cenário era totalmente diferente: a maioria do pessoal jovem que começou a trabalhar por volta da mesma altura que eu estava a viver aqui, bem perto, e viamo-nos muitas vezes. Também não tínhamos grande alternativa, visto que nada mais havia para fazer neste fim-de-mundo! =P

Mas com o tempo o pessoal - pelo menos aquele com quem convivia mais - começou a mudar-se gradualmente para Vejle, uma alternativa bastante mais interessante comparada com a sossegada Billund. Até que também eu, que já andava há bastante tempo a pensar encontrar o meu próprio apartamento, me decidi a procurar casa também por lá.

Devo dizer que a procura foi rápida: vi algumas casas na internet, marquei algumas visitas, vi 3 casas, escolhi uma e já tenho o contrato em mãos para assinar. Não contava que fosse tão rápido ou fácil de conseguir um apartamento, mas acho que tive sorte de encontrar algo que me interessou bastante logo no começo.

Agora chegou a parte de empacotar tudo... as mudanças!

E é também a altura ideal para um tradicional "antes e depois", para mostrar como comecei a minha vida aqui neste quarto em Gravhojen e como terminarei esta fase que aqui vivi (e com já bastante para contar, mas não neste blog! xD).



Fotos em cima, mostram o meu quarto quando me mudei. As de baixo mostram o estado actual.

Vou me "divertir" o resto da semana a empacotar toda a tralha já reunida neste primeiro ano de "vida nova". Novos ventos se adivinham... e vêm de Vejle! =D

Até logo.
Leia mais...

quinta-feira, outubro 20, 2011

[MOC] Alvis TA 28

E finalmente, depois de tanto tempo sem criar um MOC - alguns poderão ter até pensado que o AFOL em mim teria morrido... Mas não! Chegou a hora de vos apresentar a minha mais recente criação: o Alvis TA 28.


Trata-se de um modelo fictício, isto é, o Alvis TA 28 não é um modelo de carro existente, no entanto esta minha criação foi carregadamente inspirada pelos modelos lançados pela marca britânica após a 2.ª Grande Guerra, particularmente pelos modelos TA 14 e TA 21.


À excepção da Villa Maison que construí com peças reais há relativamente pouco tempo (apesar de o modelo original ter sido desenhado digitalmente há bastante mais tempo), já estava sem criar algo fora do contexto de trabalho praticamente desde que me mudei para a Dinamarca, há um ano.

Na verdade, até há bem mais tempo que isso que não construía um MOC (My Own Creation). E não se pode dizer que tenha estado menos activo enquanto construtor, mas já escrevi há uns tempos sobre este mesmo assunto... (ver aqui).

Nunca fui um grande fã de carros, em boa verdade, dificilmente me considero um "grande fã" de alguma coisa (à excepção dos Evanescence! lol). Gosto de imensas coisas e de tudo um pouco... E no que diz respeito a construir com LEGO, sou sobretudo um apaixonado por desafios, mais do que por um qualquer tema ou tipo de construção. Assim, este Alvis surgiu disso mesmo: um desafio que coloquei a mim mesmo.

Fiquei bastante satisfeito com o resultado final. E consegui incluir bastantes funcionalidades que na minha opinião tornam este meu MOC ainda mais rico e interessante de observar.

Contém direcção, controlada directamente pelo volante.

Luzes na frente...

...e à retaguarda.

E ainda as portas funcionais e os assentos reclináveis.

Podem ver mais fotos desta minha criação no Flickr (aqui), são 31 no total! :)

Agora não sei quando voltarei a apresentar uma criação minha. Provavelmente serão os meus primeiros sets que chegam ao mercado já em Janeiro próximo! =D Esses sim, oficiais!

Até logo.

P.S. Para os menos entendidos no assunto, só para que fique claro, esta não é uma criação oficial e não será um produto comercializado pela LEGO. Trata-se apenas de uma construção feita por mim, nos meus tempos livres.
Leia mais...

segunda-feira, outubro 17, 2011

...para ficar na memória...

Fiz download do Instagram para o meu iPhone. Já estou siderado... aconselho! :)

Sempre fui um apaixonado por tudo o que tem um aspecto mais vintage e adoro fotografia... esta aplicação combina estes dois mundos de uma forma perfeita!


A partir de hoje tenho um novo olhar sobre o mundo... atráves do Instagram! :)

Até logo.
Leia mais...

terça-feira, outubro 04, 2011

Eternamente marcado no corpo... v2.0!

Chegou a altura de revisitar um tema sobre o qual já escrevi aqui.

Há cerca de meio ano fiz a minha primeira tatuagem. Na altura escrevi sobre o assunto num post onde expunha um pouco daquilo que é a história desta tradição de pintar o corpo de forma permanente e a minha opinião pessoal (ver aqui).

Esta semana estou em Portugal. Vim ao baptizado da minha primeira afilhada e aproveitar para visitar família e amigos. E como não podia deixar de ser, há coisas que vão-se tornando hábito: como comer sushi, ir a Viana do Castelo,... e fazer tatuagens! eheh

Ontem fiz a minha segunda tatuagem e mais uma vez trata-se de algo com muito significado para mim e que foi bastante pensado.

Trata-se de uma espécie de planta que nasce das minhas veias e cujas folhas desenham no meu pulso parte da minha origem: um 28.

Quem me conhece pessoalmente deve muito provavelmente já ter ouvido a minha história sobre o 28, mas para quem não a conhece, passo a contar...

O meu avô paterno é um senhor muito respeitado e admirado aqui na minha terra. Toda a gente conhece o Sr. Bessa ou o "vint'oito", como grande parte das pessoas o chama. O meu pai - bem como os seus irmãos - herdaram a alcunha. Também eu e os meus primos fomos sempre conhecidos pelos "vint'oiticos" em pequenos. Hoje, se  tiver de me apresentar a alguém aqui da região, a probabilidade de saberem de quem sou filho apenas pela aparencia é por si já elevada (não nego a raça dos "vint'oito"!) e o curioso é que muitas vezes ouvi a pergunta: "és dos vint'oito, não és?"...

E perguntam-se vocês, mas porquê 28?! A história até é engraçada... Pelo que o meu avô me contou - e não tenho como atestar a veracidade dos factos! - ele terá tido 28 namoradas no total... tendo a minha avó sido a 28ª. Pelos vistos os amigos começaram a tratá-lo por 28 por causa disso mesmo. O meu avô teve 3 irmãos mais novos, que por consequência herdaram as alcunhas 27, 26 e 25, por ordem decrescente de idades. Ainda hoje também conheço o meu tio-avô Horácio como o 27 e o 26 que vivia perto de minha casa faleceu recentemente. O 25 não me lembro de ter conhecido... sempre viveu mais afastado.

Portanto, como vêem, está-me literalmente nas veias aquilo que apenas ontem trouxe cá para fora: à flor da pele. É apenas uma homenagem à minha família e ao meu avô, que estará sempre comigo.

Ainda não lhe mostrei a tatuagem, mas espero que ele não me dê um sermão muito grande.... =D acho que pelo menos devia cortar a barba, para amenizar este aspecto de "marginal"... lol

Já agora, deixo-vos uma imagem que me apareceu hoje no Facebook e que espero que vos faça reflectir um pouco se são daquelas pessoas que ainda olham um pouco de lado para as tatuagens ou para as pessoas que as têm.


Para finalizar, quero deixar uma outra questão para quem quiser reflectir um pouco mais: se tenho de aprender a viver com as marcas do acne, com as cicatrizes das quedas, com a infinidade de sinais de pele que tenho e com todos os outros defeitos ou particularidades que possa ter e que não sejam do meu total agrado, porque não poderia eu viver com algo marcado no corpo que me diz tanto? Não são as minhas roupas ou as minhas tatuagens, ou até as minhas cicatrizes ou defeitos físicos, que fazem de mim quem sou. São parte de mim, mas eu sou muito mais do que isso! ;)

Até logo.
Leia mais...

quarta-feira, setembro 28, 2011

[LEGO] Tudo o que a água não levou...

Há pouco mais de meio ano fiz-lhe uma entrevista exclusiva e em resposta à última pergunta, Mike Doyle afirmou que a sua próxima criação viria a ser muito provavelmente "(...) uma casa de verão vitoriana junto ao lago, no inverno".

Agora temos a confirmação que realmente as águas do lago subiram e apenas a lama ficou, tendo-se apropriado de mais uma fantástica mansão vitoriana que mesmo apesar da degradação consegue conter em si tanto de belo como de arrepiante.


O nível de detalhe é aquele a que o construtor já nos habitou, apesar desta ser apenas a sua terceira construção com peças LEGO. E tudo são peças LEGO! Sem modificações, sem recurso a cola ou outros truques. E apenas peças pretas, cinza escuro e claro e algumas transparentes foram utilizadas.

O resultado é fenomenal! Fiquei boquiaberto com as duas primeiras criações (Two Story with Basement e Three Story Victorian with Tree) apresentadas por este designer gráfico de Nova Iorque e confesso que depois da segunda voltei a duvidar que me pudesse surpreender ainda mais, mas a verdade é que - e sendo ainda assim impossível para mim escolher uma favorita - esta Casa do Lago deixou-me sem palavras.


Podem ver a apresentação destas criações no MOCpages onde o autor conta alguns detalhes bem interessantes.

Estou ansioso por ver o que ele nos trará a seguir... agora sem dúvida alguma que será deslumbrante!

Até logo.
Leia mais...

sábado, setembro 03, 2011

Já faz um ano que... a notícia!

Pois é! Já faz um ano que recebi o telefonema do meu actual chefe para me informar que tinha uma oferta de emprego à minha disposição! O tempo voa mesmo...

Eu lembre-me ainda ter as pernas a tremer que nem varas verdes e as mãos a suar a segurar o telefone (com as duas, não o fosse deixar cair!). Não podia acreditar... Matthew Ashton, o meu chefe, informou-me de quanto seria o meu salário e perguntou se eu aceitava. REALLY? Na altura nem percebi direito quanto seria o meu salário.... para verem a importância que teve na minha decisão!

Depois de desligar, lembro-me de ver a minha mãe com lágrimas nos olhos de alegria (e com certeza de medo também... era ainda muito estranho para todos nós imaginas as mudanças que se adivinhavam dali para a frente). Abraçámo-nos e o Torrão, o meu labrador preto que estava na cozinha connosco, pulava de alegria e tentava meter-se no nosso meio, enroscando-se nas minhas pernas, lambendo-me... Ele sabia o quão feliz eu estava.

(e agora por recordar tudo isto, deu-me um aperto...)

A minha memória não é das melhores, costumo dizer que não guardo as coisas más e que por isso raramente me lembro dos problemas que tive no passado... Mas a verdade é que também muita coisa boa se perde no meu subconsciente. Felizmente o Facebook tem esta coisa de recordar o que publicamos no dia de hoje há exactamente um ano atrás... Foi assim que revivi toda esta emoção que foi descobrir que estava prestes a realizar o meu maior sonho de criança: ser LEGO Designer.

Estou prestes a terminar o meu primeiro ano na empresa... e continuo a amar o que faço! :)

Mas com tantas saudades......

Até logo.
Leia mais...

segunda-feira, agosto 22, 2011

Fecham-se janelas, abrem-se portas...

...e de súbito o mundo torna-se maior, mais vívido e quase infinito!

Pois é, estou a falar da minha nova experiência Mac!


Recentemente adquiri um iMac. Para quem não está tão por dentro de tecnologia e do mundo dos computadores, um iMac é um computador de secretária da marca Apple que condensa tudo num simples ecrã, reduzindo o emaranhado de fios habitual numa secretária a uma única tomada que lhe fornece a energia para trabalhar.

No meu caso, excepcionalmente tenho um outro cabo a ligar o teclado ao computador, apenas porque escolhi a versão com teclado numérico (e nesse caso a unica solução é ter mesmo um fio extra, mas que nada estorva!).

Estou rendido! Se a principio temia a adaptação de passar para Windows para Mac, agora só penso no tempo que perdi nesse reles sistema operativo! (Já agora, alguém apanhou o trocadilho no título do post? eheh)

Mais do que um luxo, este Mac veio em resultado de uma necessidade de uma ferramenta de trabalho mais potente e mais capaz, que me permitisse dar andamento aos meus projectos. Tenho um VAIO (com quase 4 anos) que se soube portar bem durante este tempo em que foi a minha principal ferramenta de trabalho - sobretudo ao longo dos 3 anos de curso. Foi um computador de guerra, tendo resistido exemplarmente a algumas quedas (resultando uma única vez com ferimentos graves: um ecrã esmagado por uns auscultadores "ensandwichados" entre este e o teclado) e miraculosamente a um banho de leite com groselha!!

Mas não pensem que foi tarefa fácil por as mãos em cima desta "belezura"! Custou! Era suposto ter chegado às minhas mãos por meio da distribuidora UPS na passada quarta-feira. Tentaram fazer uma primeira entrega durante a manhã, mas eu estava no trabalho. Encontrei um bilhete na caixa de correio a informar-me que tentariam novamente no dia seguinte. Telefonei para a distribuidora para me assegurar que o fariam a horas mais decentes. Ela disse-me que as entregas eram feitas em duas alturas do dia: por volta das 11h da manhã ou das 4h da tarde. Disse-me ainda que poderia ir ao website da empresa para mudar a morada de entrega, se essa fosse a minha vontade. Ora, eu até podia mandá-lo para o trabalho, mas depois ia trazê-lo na minha bicicleta XPTO para casa?! eheheh

Consultei o website da UPS e estava lá escrito exactamente o seguinte na "previsão para a próxima entrega": "by end of day". Na minha terra, "end of day" significa "fim do dia" - que aqui na Dinamarca pode bem ser 3h da tarde! Mas nunca imaginei que se fosse passar o que contarei no próximo parágrafo.

Na quinta-feira, achei por bem sair mais cedo do trabalho para me assegurar que estava em casa quando tentassem fazer a próxima entrega. Assim, eram 14h30 quando "estacionei" a bicicleta em frente ao número 33 (número da minha porta). Ia directo para casa, até que me passou pela cabeça: se calhar é melhor verificar a caixa do correio, "assim, só pelo caso de"... Pois. Qual não foi o meu espanto ao ver que tinha outro bilhete da UPS. Hora da segunda tentativa: "10h40"! WTF? "End of day"?

Liguei para a distribuidora novamente, obviamente um pouco mais incomodado que no dia anterior. O assistente que me atendeu desta vez, não só desmentiu a colega do dia anterior, dizendo que não havia qualquer hora "típica" para entregas, como ainda me disse que "by end of day" na Dinamarca significa entre as 9h e as 17h. WTF again?!

Depois de um longo telefonema, em que descarreguei a minha frustração e estupefacção num pobre coitado que - aparentemente - só estava a fazer o seu trabalho (eu fiz questão de lhe dizer que apesar de tudo entendia a posição dele, mas que não podia deixar de demonstrar o meu descontentamente com o serviço). Tinham o meu número de telefone. Colocaram no site deles que fariam a entrega no fim do dia. E mais uma vez tinha de esperar pelo meu iMac. Na sexta-feira seria feita a terceira e última tentativa de entrega e as minhas opções eram ou mudar a morada de entrega ou ficar em casa para me assegurar que recebia a encomenda. Fiquei em casa.


Finalmente chegou. Eram cerca da 11h da manhã quando recebi uma caixa enorme em casa. Tinha de ir trabalhar, já bastavam as horas perdidas em casa - que na verdade foram aproveitadas a fazer "trabalho de investigação" para o projecto em que estou a trabalhar na LEGO!

Mas obviamente não resisti a abrir a caixa e pelo menos olhar para o meu novo brinquedo!


E depois mais uma surpresa! Parecia praga... não estava destinado a ligar o meu Mac. Pelo menos não naquela manhã. Fui então para o trabalho e o plano era passar pelo supermercado no regresso a casa para comprar um adaptador de tomada.

A Mel, uma colega de trabalho, pediu-me que passasse por casa dela para a ajudar a montar uma vitrine do IKEA. "Só demora uma meia-horita", disse ela. Pois.... acabei por ter de jantar lá para ter tempo de terminar o trabalho! Não é que eu seja aselha (apesar de algumas peripécias! eheh), mas era uma senhora vitrine, com portas de vidro e gaveta!

É facil de adivinhar que o supermercado já estava fechado quando saí de casa dela. No entanto, para me precaver - pensei eu! - tinha metido na mochila um adaptador que encontrei lá no trabalho, para testar em casa, antes de gastar dinheiro a comprar um. Se aquele funcionasse, provavelmente nem seria sentida a sua falta lá na LEGO... eheh Pois... O adaptador não serviu! Era uma excelente "fêmea", se é que me faço entender, mas o seu lado masculino não era compatível com as restantes "fêmeas" cá de casa! Mas afinal quantos formatos de tomadas existem?!

Ou seja, já ia no fim do terceiro dia sem poder usufruir do meu brinquedo novo... :(

No sábado, a primeira coisa a fazer assim que acordei, foi pegar na bicicleta e ir às compras: arranjar um adaptador que efectivamente funcionasse era a missão! E assim foi! Finalmente, no fim da manhã, já estava eu "live from my iMac"! :) Foi um fim-de-semana de aprendizagem e adaptação, passagem dos ficheiros mais importantes do laptop... Agora já seguimos os dois a full power: eu e o meu brinquedo novo... coff coff... ferramenta de trabalho!! :)

Aconselho!

Até logo.
Leia mais...

terça-feira, agosto 09, 2011

[Evanescence] Ouve "What You Want"!


Finalmente, depois de quase 5 anos após o lançamento do último álbum - The Open Door - eis que finalmente chega a altura de ouvir o primeiro single do novo trabalho de Evanescence.


O álbum será lançado no princípio de Outubro. Mal posso esperar! Será escusado dizer que já estou viciado neste poderoso single... É impossível ficar indiferente à voz de Amy Lee!

Até logo.
Leia mais...

quarta-feira, agosto 03, 2011

[POEMA] Anjo da Guarda

Dá-me um abraço.
Vem, não digas nada,
Não faças perguntas,
Não acendas a luz,
Não tires a roupa,
Não me tentes beijar,
Não tentes ler o que
me vai na alma...

Vem...
e abraça-me apenas.

Quero sentir os teus braços,
Quero sentir-me envolvido,
Quero sentir-te,
Quero sentir-nos a respirar
...ao mesmo tempo,
Quero... te.

Ajuda-me a acordar,
Ajuda-me a viver,
Ajuda-me a enfrentar tudo,
Ajuda-me a retirar esta máscara
e a acabar com a farsa da minha vida.

Onde estás tu, anjo da guarda?
Leia mais...

domingo, julho 31, 2011

[nam'it] Novo projecto

Acabei de lançar o site do meu novo projecto. Estará em desenvolvimento durante os próximos tempos, mas pretendo que seja algo para durar!


Podem saber mais, neste página do site: [PT] Sobre!

Tudo depende da vossa colaboração! Divulguem, promovam a ideia! ;) Obrigado!

Até logo.
Leia mais...

terça-feira, julho 26, 2011

A Voz de Portugal - outro casting! - VOTEM!

Há alguns meses descobri na internet um programa novo que estava a fazer furor na televisão americana: The Voice. Podia ser mais um programa desses como o Idol ou a X-Factor, mas este tinha uma particularidade que despertou o meu interesse: "as audições às cegas". Isto é, os concorrentes teriam de cantar para um juri de costas voltadas, que avaliaria apenas e só a sua voz!

A primeira edição da versão americana foi um sucesso e a continuidade do programa já está assegurada. Na versão do outro lado do Atlântico, estão sentados nas cadeiras de jurados e mentores grandes nomes da música mundial: Christina Aguilera, Adam Levine (Maroon 5), Ce-Loo Green e Blake.

Qual não foi a minha agradável surpresa quando descobri há umas semanas que a RTP está a promover já na televisão a estreia da versão portuguesa deste programa: A Voz de Portugal!


Além dos habituais castings nas principais cidades, para este programa também é possível fazer uma primeira audição online, tendo para isso os participantes de gravarem-se a cantar com a webcam do seu computador. No site d'A Voz de Portugal existe um aplicativo que avalia a nossa prestação e dá uma primeira nota tendo em conta o tom e a expressividade da voz (? não sei quais são exactamente os critérios ou como o algoritmo funciona). Mas antes de se submeter a audição final é possível "ensaiar"...

Pois que estava eu a cantar para a webcam a pensar que estava ainda a "ensaiar" e que poderia no final do vídeo carregar em "descartar" ou "repetir".... pois que não! Aquela primeira tentativa foi a derradeira! =D Para ensaiar pelos vistos tinha de ser noutra secção do site... agora sei! ahahah

Recebi hoje um mail a avisar que o meu vídeo tinha sido aceite e que estava agora para votação do público. Portanto, público: tá a votar aqui!

Já sabem, não menos que 10 estrelinhas! =D

Até logo.
Leia mais...

segunda-feira, julho 25, 2011

Carecada de "1º de Abril"

Ontem preguei uma valente partida aos meus amigos e conhecidos do Facebook!


Eu sempre gostei de fazer experiências com o photoshop e sempre gostei do dia "1º de Abril", mas nunca fui capaz de conseguir realizar uma partida que realmente funcionasse. O facto de já toda a gente estar de pé atrás nessa data também não ajuda!

Portanto, pregar uma partida de "1º de Abril" noutra data qualquer faz muito mais sentido e tem muito mais piada! =D

Ontem, depois de um passeio de bicicleta, passei no supermercado e comprei uma gilette nova para cortar a barba. Desta vez gastei um pouco mais de dinheiro do que o habitual, porque estou cansado de usar gilettes baratas que só me irritam a pele... Quando estava então em frente ao espelho a desfazer (ou fazer, como preferirem!) a barba, dei comigo a pensar: "e se eu rapasse o cabelo?"... às vezes passam-me assim ideias malucas pela cabeça. Sobretudo quando estou demasiado tempo em casa, aborrecido, sem nada de especial para fazer... lol

Pronto, assim o fiz! Mas como tenho muito gosto no meu rico cabelinho, fi-lo no photoshop! =D E ainda bem que testei digitalmente primeiro.... não gosto! Aliás, de hoje em diante o cabelo só vai crescer... Já tenho saudades de o ter maiorzito, como tinha na contracapa do meu livro.

Quem sabe não faço rastas quando ele estiver mesmo grande...?! Ainda dá uma coisa má à minha mãe, como ia dando ontem ao ver-me careca! xD

E pronto... fica assim desfeito o mito! Não estou careca... ainda! Mas foi mesmo engraçado ler as reacções das várias pessoas: família, amigos, colegas de trabalho.... xD You've been fooled!! ahahah

Até logo.

P.S. Engraçado engraçado é o cabelo branco que tenho na frente da cabeça, cuja raíz é castanha. !!??! Então os cabelos brancos não começam por descolorar na raiz?!
Leia mais...

sábado, julho 23, 2011

[MÚSICA] What You Want - novo single dos Evanescence!


É verdade! O primeiro single do terceiro álbum de estúdio da banda norte-americana Evanescence está quase a chegar! É já dia 9 de Agosto que poderemos ouvi-lo na íntegra. O vídeo para este single também já foi gravado. Estou super ansioso por voltar a ver a "snow white queen" com os seus poderosos vocais, em cenários épicos e brutais! =D

Já disse que tenho uma grande panca por Evanescence? Pois.... é coisa que vai morrer comigo! :)

O novo álbum só será lançado a 11 de Outubro e terá como título o próprio nome da banda, visto que este, mais do que qualquer outro - segundo a vocalista Amy Lee - é o trabalho mais "evanescence" de todos, tendo resultado verdadeiramente de um trabalho conjunto dos vários elementos da banda.

Ainda faltam umas semanas até ouvirmos ou vermos o vídeo do novo single, mas até lá podemos ouvir uma preview no site da Amazon. Vale a pena! =D

Até logo.
Leia mais...

sexta-feira, julho 22, 2011

[LEGO] Super Heroes em 2012!

Finalmente é oficial e público! A LEGO irá lançar em 2012 uma linha de sets system inspirados no universo dos super heróis!


E não será apenas em parceria com a DC Comics (como aconteceu já no passado ao serem lançados sets do Batman) ou só com a MARVEL (como também já aconteceu quando saírem os sets de Spider-Man). Pois é: as duas maiores empresas de Comics aliaram-se à grande empresa de brinquedos de construção (da qual orgulhosamente faço parte! =D) e esta semana foram anunciadas as respectivas licenças!


E sabem que mais?! Eu sou um dos designers que está a trabalhar neste tema!! =D

Quando há quase um ano eu estava a ser entrevistado pelo meu actual chefe - Matthew Ashton -, uma das questões que me ele me colocou tinha a ver com temas que eu achasse que a LEGO devia produzir... "o que faltava nas prateleiras?"... Eu respondi justamente que deviam criar um tema de super heróis! Uma licença com a MARVEL e com a DC Comics... E ele riu-se, como se riu durante toda a entrevista, mas longe estava eu de imaginar que na cabeça dele devia passar-se algo como "coitado! ele nem imagina o que estamos a planear!!"... Porque na verdade, já nessa altura estavam a decorrer as negociações para que este tema fosse uma realidade! :)

E assim que comecei a trabalhar, logo no primeiro dia, deparei-me com uns cartazes sobre o projecto. Fiquei siderado! Mas imaginem então como fiquei quando soube que ia ficar na equipa que iria trabalhar no projecto ?? =D

E agora, depois de muito esperar e aguentar para guardar o segredo, finalmente está cá fora... Pois é! Aguardem por 2012 porque os meus primeiros sets estão quase a chegar às prateleiras! E vão ser Super Sets! ahaha


Portanto, em Janeiro contem com os primeiros sets da linha, sob a licença da DC Comics, que incluem personagens como o Batman, Joker, Green Lantern, Wonder Woman, Superman, entre outros. E um pouco mais tarde, em Maio, saem os sets da MARVEL, baseados no novo filme de Avengers a estrear daqui a um ano e em comics dos X-Men e do Spider-Man (sim, vamos ter o minifig do Wolverine!! =D entre muitos outros...).

No total serão mais de 26 personagens recriados no mágico formato do LEGO minifig neste primeiro ano de LEGO Super Heroes!

Todas estas novidades foram apresentadas em primeira mão na Comic Con em San Diego e lá foram também apresentados alguns protótipos de alguns dos personagens:



Podem ler mais detalhes, ver mais fotos e ficar a par de todas as novidades à medida que elas forem surgindo, neste tópico do fórum da Comunidade 0937.

2012.... já faltou mais! :)

Até logo.
Leia mais...

[FILME] Soul Surfer - uma mensagem de força!

Hoje aqui na Dinamarca está um dia péssimo... Chuva!

Fui trabalhar de manhã, mas como está praticamente tudo ainda de férias, o silêncio é tanto que não me consigo concentrar... lol... E a verdade é que até ao fim do mês não vou ter muito que fazer. Portanto, vim embora à hora de almoço e estive até há pouco a ver um filme que há muito despertou a minha curiosidade.


Soul Surfer conta a história de uma miúda que nasceu surfista. Parafraseando o próprio filme: a água salgada estava-lhe no sangue! :)

Por infortúnio do destino, numa manhã de treinos é vítima de um ataque de tubarão e perde o braço esquerdo. A história é profundamente inspirada num caso verídico de Bethany Hamilton, um exemplo de força e coragem para muita gente em todo o mundo!

Para além da grande homenagem merecida a esta jovem que foi capaz de lutar pelo seu sonho e - acima de tudo - inspirar tanta gente, este filme passa uma importantíssima mensagem: não desistir!

Não sei se é por estar particularmente sensível nestes últimos dias, mas a verdade é que esta história realmente mexeu comigo! O filme tem todo o espírito e visual de verão: água, sol, bikinis... E nunca deixa o drama tomar dimensões demasiado pesadas! Os actores (encabeçados por Dennis Quaid e Helen Hunt) fizeram um trabalho decente e a protagonista (AnnaSophia Robb) foi bastante convincente. Fiquei agradavelmente surpreso com o seu desempenho.

Resumindo, aconselho o filme! Porque é um bom filme, porque está repleto de gente bonita e de verão (que sabe bem numa sexta-feira chuvosa como hoje.... --'), mas sobretudo porque me deixou inspirado, confiante e agradecido por tudo o que tenho agora e menos amargurado por tudo o que não tenho ou perdi.... Seja por Deus ou por qualquer outro motivo, tudo tem um propósito! Eu acredito nisso! Se calhar é apenas uma forma autoconservadora e racional de ver as coisas... Mas se isso me ajudar a ultrapassar qualquer obstáculo que me possa surgir no caminho, continuarei a vê-las assim! :)

Até logo.
Leia mais...

terça-feira, julho 19, 2011

Casting para INSIDE - AJUDEM-ME!


Ontem à noite deparei-me por acaso com um trailer para um novo projecto de Hollywood.


Fiquei curioso com o vídeo e decidi procurar mais informação no site indicado no final.

Acabei por descobrir que estavam ainda abertos os castings para uma participação no filme, em jeito de mensagem de vídeo enviada à personagem principal.

Claro está, tinha de ir dormir para hoje acordar cedo e fazer as malas, mas não deixei de tentar a minha sorte! Gravei uma série de tentativas mas só hoje de manhã, num segundo round de gravações cheguei a algo que me agradou minimamente.

Aqui está a minha participação:


Agora peço-vos que vão à página do youtube do meu vídeo e cliquem em "LIKE". E se quiserem também podem deixar um comentário! :) Simpático, claro! ahaha

Partilhem entre os vossos amigos no Facebook e afins... ajudem-me lá! :) Pode ser que apareça depois num filme lá pró verão num cinema perto de ti! =D

Até logo.
Leia mais...

quinta-feira, julho 07, 2011

Quando os amigos começam a casar...

Neste fim-de-semana que passou tive o prazer enorme de passar o dia inteiro com a maior parte dos meus amigos... aqueles do grupo mais chegado! Embora, a proximidade que havia entre nós tenha sido outra noutros tempos... Nada de novo! A vida é mesmo assim...


Agora há namorados e namoradas pelo meio, vivências que nos fizeram crescer, em ritmos e medidas diferentes, caminhos que fizemos, decisões que tomámos... enfim, somos agora um grupo de amigos - ainda! - com recordações que nunca esqueceremos!

Mas no último domingo um de nós teve um dia muuuuito especial! O Luís casou-se! É verdade.... o primeiro do grupo.... e são estas coisas que nos fazem deparar com a fria realidade de que o tempo realmente passa sem que dêmos conta disso!

É certo que ele, de todos, foi o único que não seguiu uma formação académica, tenho começado a trabalhar bem cedo e, por isso, estando já a viver por sua conta e risco há bem mais tempo do que qualquer um de nós! É como se tivesse começado a viver como adulto bem antes de nós! E agora está casado!


Desejo as maiores felicidades para vocês os dois, Luís e Juliana!

Até logo.

P.S. Quem será o próximo a pôr o grupo de novo "de pernas debaixo da mesa"? =D Saul e Marina? Ela apanhou o ramo já pela segunda vez ao que consta...
Leia mais...

Halla Madr...... coff coff.... Barcelona!


É verdade! Desta vez fui mesmo a Barcelona! E não fiquei apenas pelo Aeroporto!

Levei comigo a Filipa, a minha alma gémea (não, não é minha namorada, isso são coisas diferentes! =D) e corremos a cidade... Andamos bastante e vimos bastante!

Gostei! Não fiquei tão impressionado como se calhar imaginava vir a ficar, já que toda a gente diz que é uma "cidade lindíssima". No entanto, a verdade é que a achei uma cidade interessante, mas não particularmente mais do que outras que já visitei... 




Obrigado pela companhia, Galante!

Até logo.

P.S. Se tens Facebook, podes ver mais fotos aqui!
Leia mais...

Mestre Sushi em casa...

Há algumas semanas alguém chamou a minha atenção para este vídeo no Facebook:


É sabido que eu sou um sush'ó'dependente assumido! E como tal fiquei logo cheio de ideias....

Já por duas vezes, lá nas Dinamarcas ("lá", porque estou a escrever agora do meu quarto em Portugal), fiz sushi em casa.


E das duas vezes fui demasiado preguiçoso para procurar salmão do bom e acabei por usar atum em lata! xD Sim, eu sei... ultraje!! Mas também é bom! :)

Sempre que venho a Portugal, agora é obrigatório visitar um dos sushi places de eleição cá da família 28: o Terra ou o Shis. Estou agora em negociações com as minhas primas e a minha agenda pessoal para ver se é possível fazermos lá uma visita amanhã!

De qualquer forma, quando vi o tal vídeo que comecei por vos mostrar, procurei logo saber onde poderia adquirir estes interessantes acessórios! Curiosamente, há também pouco tempo recebi um pedido de amizade de uma "Tupperware Verónica", uma amiga minha dos tempos de escola que agora também vende produtos da marca de utensílios de cozinha. Mandei-lhe uma mensagem e consegui adquirir o "kit de sushi" através dela, ainda com alguma insistência e esforço da parte dela, porque o produto estava esgotado! :)


Comprei as duas formas Maki e Nigiri e um pincel retráctil. Recebi grátis um pequeno livrinho com algumas dicas e sugestões para a preparação de sushi! :)

A Verónica tem um blog (Tupperwarer Tips), que podem visitar para ficarem a par das últimas novidades e das melhores oportunidades! Aparecem por lá coisas bem engraçadas!

Estou ansioso para por mãos à obra com estas formas.... e por comer sushi outra vez!! =D

Até logo.
Leia mais...

quinta-feira, junho 16, 2011

[POEMA] Quero, preciso...

Quero encurtar distâncias,
Preciso acelerar o tempo,
Fazer acontecer,
Dizer tudo, mesmo que sem palavras!

Quero cometer loucuras,
Preciso perder a cabeça,
Fazer acontecer,
Dizer ao mundo o que calo em mim!

Quero escalar montanhas,
Preciso ultrapassar barreiras,
Fazer acontecer,
E gritar...

Quero, preciso... fazer... dizer...

Que te amo.

Leia mais...

terça-feira, junho 14, 2011

[NEW LIFE] Day A255 - Voltar a Portugal a custo!

Já faz uns dias desde a minha última visita ao blog. Passei uns dias em Portugal na semana passada e regressei ontem. Estive praticamente o tempo todo afastado do PC e do Facebook... Foi quase como uma desintoxicação! :)

Mas cá estou eu de volta e com muito para contar!

Na passada quarta-feira viajei para Portugal, enviado pela LEGO, para estar presente na segunda edição do evento Arte em Peças, organizado pela Comunidade 0937. Assim como no ano passado, este evento teve lugar em Paredes de Coura, mas sobre ele falarei mais tarde num outro post. Prometo!

Agora é tempo de falar da aventura que foi chegar a Portugal!!

O despertador tocou às 4h da manhã, apenas umas cinco horas depois de me deitar... O dia parecia nunca ter terminado. Deitei-me com o céu ainda um pouco claro e acordei com o amanhecer. Cheguei ao aeroporto por volta das 5h. Fiz check-in de uma caixa que levava comigo para deixar em Portugal e segui para o frete habitual da segurança. Desta vez foi o meu relógio que fez a máquina apitar.

Ainda parei no balcão do café do aeroporto de Billund para comprar uma salada de fruta e um sumo para tomar de pequeno-almoço, mas às 5h30 - hora suposta para embarque segundo o bilhete - já estava no Gate 13.

Deram 6h, hora do voo, e ainda estávamos todos sentados no mesmo lugar, alguns de pé - não no mesmo lugar... A funcionária do aeroporto informou-nos entretanto que o piloto estava a experienciar alguns problemas no computador de bordo. Não havia previsão para o resolução dos mesmos.

Mais uma hora de espera e continuávamos todos à espera, sem qualquer notícia... Já passava das 7h da manhã quando a mesma funcionária, depois de mais um telefonema, nos informou que o problema estava a levar mais tempo do que imaginavam para ficar resolvido - aparentemente reiniciar os computadores não tinha funcionado -, convidando-nos assim a voltarmos para a zona de espera no andar de cima, onde deveríamos aguardar por novas indicações pelos alto-falantes. A princípio ela deu a notícia apenas em dinamarquês, tendo sido preciso eu dirigir-me a ela para saber o que se estava a passar. Resolvi ficar por ali para aguardar... Mas não demorei muito mais a sair, porque poucos segundos depois o telefone voltou a tocar e a tal funcionária informou os passageiros que ainda se encontravam ali que o voo tinha sido cancelado e que o piloto "achava que se calhar era melhor chamar um técnico". Mais de uma hora e meia depois do problema ter começado - no mínimo! -, o piloto lembrou-se que se calhar era melhor chamar um técnico...

Saí então dali, e fui juntamente com os restantes passageiros guiado até à zona de recolha das bagagens, para recolher a minha caixa. Depois tinha de voltar ao balcão das agências na entrada do aeroporto para tratar do meu rebooking. Quando lá cheguei, tirei a senha número 636. O visor mostrava o número 610. Seria muito mau?!

Havia apenas duas pessoas a atenderem os passageiros daquele voo para Frankfurt que tinha sido cancelado. E uma delas parecia estar a jogar o solitário, porque não chamava ninguém para o PC dela... Às 9h40, finalmente, chegou a minha vez! A esta altura já tinha perdido o meu segundo voo em Frankfurt e qualquer outro que ainda me levasse a Copenhaga para chegar a uma hora razoável ao Porto ou Lisboa. A melhor solução que conseguiram arranjar para mim foi um voo triplo a começar às 11h30 com destino a Amsterdão, depois para Barcelona e finalmente Porto, com chegada prevista às 19h30. NOVE HORAS depois do previsto!!!

Ah... e com a remarcação, ainda tiveram a gentileza de me oferecer um voucher no valor de 55 coroas dinamarquesas (aprox. 7,40€) para gastar no bar. Tive de colocar 11 kr. para pagar uma sandwich e um sumo que comprei para comer ao fim da manhã!!.... --' E só tinha uma moeda de 10. Felizmente a menina que me atendeu foi atenciosa o suficiente para me descontar 1 kr. para não ter de usar o cartão multibanco...

Depois do primeiro voo do dia, enquanto esperava em Amsterdão, reparei numa hospedeira de bordo que passou por mim e que me despertou particular interesse (houve uma outra que também o fez - uma indiana -, embora por motivos totalmente opostos!). Mas voltando à tal de quem estava a falar, era uma daquelas mulheres com demasiada pele no rosto, as linhas demasiado marcadas, até mesmo para a idade que devia ter. Era magra e tinha a pele bastante morena, o que contrastava bastante com o tom do seu cabelo. Era louro pálido e tinha um aspecto pouco cuidado... áspero! Estranhei a falta de cuidado na sua aparência, afinal de contas as hospedeira de bordo deviam ser todas como a Gwyneth Paltrow em "View From The Top"... Mas certo é que por cada uma que vi bem arranjada a atravessar em passo acelerado o corredor onde esperava para embarcar, vi outra com o cabelo mal apanhado, mal pintada ou sem maquilhagem nenhuma...

Depois enquanto continuava à espera, lembrei-me de pegar num caderno que levava comigo e comecei a escrever. À mão, como há muito não fazia!

"Agora estou sentado nos bancos de espera, mas não num canto isolado de onde posso observar todos, não me sentindo tão observado (como de resto é o meu hábito). Mesmo à minha frente tenho duas personagens... Um casal de amigos. Claramente só amigos. Ela com uma blusa com um estampado em tons de azul escuro e preto, umas calças de uma espécie de licra aveludada azuis escuras, umas botas brancas com um estampado dourado e atacadores verde fluorescente. Ah! E por cima da blusa tem um casaco de malha com um padrão tigresa em tons de laranja-terra e preto. Usa os óculos da moda, que é como quem diz, antigos de armação grossa, provavelmente sem qualquer graduação. E esteve o tempo quase todo a ver as fotos que tirou na sua Cannon. Ele, no entanto, tem o aspecto de um artista na sua personificação mais tipificada possível: cabelo pelo ombro que parece não ter visto um pingo de água há já algum tempo de tão emaranhado que está (com um totó a fazer um rabo de cavalo de meio palmo a apanhar apenas um pedaço do cabelo na parte de trás da cabeça). Usa uns headphones gigantes à volta do pescoço e um pau de chupa na boca. Esteve o tempo todo com um caderno amachucado nas mãos e uma caneta. Metade do tempo esteve a fazer um desenho de nada: traços paralelos e enviesados. E mexia no cabelo, colocando-o à frente da cara como se estivesse a vivenciar um rasgo de inspiração vindo do além. Inspiração posso dizer que senti eu porque fui impelido a pegar no meu caderno e na minha caneta vermelha (como gosto de escrever a vermelho!) só para tomar nota das suas peculiares descrições. Agra mais para o fim - já estão a dar início ao embarque - ele desistiu do seu desenho e começou a também a escrever alguma coisa. Se calhar está a fazer o mesmo que eu! :)"

Acabei por passar o dia inteiro em aeroportos... Estive pela primeira vez em Amsterdão e Barcelona, para não por os pés sequer fora do aeroporto! Contava almoçar com os meus pais e acabei por chegar apenas para jantar... Mas tive uma boa surpresa: tinha a família toda da parte da minha mãe à minha espera em casa da minha avó e arroz de pato no forno...... deliciei-me! :)

Felizmente a viagem de regresso não teve tantos contratempos... Apenas uma escassez surpreendente de taxis à entrada do aeroporto à hora a que cheguei... Ao fim de uma meia hora de espera lá consegui voltar para Gravhojen!

Até logo!

P.S. Lembram-se da hospedeira com cabelo palha-d'aço? Acabou por fazer o meu voo! Já da indiana, nem sinal...

Leia mais...

terça-feira, junho 07, 2011

[2.º Arte em Peças] Eu vou, e tu?


É já amanhã! Não deixem de aparecer em Paredes de Coura para a maior e melhor exposição de LEGO do país! :)

(clica na imagem para ver mais fotos do Rupi)

Os preparativos já duram desde o fim-de-semana passado! Que saudades destes dias... Vai saber mesmo bem rever o pessoal! :)

Vemo-nos em Paredes de Coura!

Até logo.
Leia mais...
Este blogue pertence a Marcos Bessa, eu próprio, e tudo o que aqui escrevo diz respeito apenas e só à minha opinião pessoal ou visão dos mais variados assuntos do quotidiano e não pode ser jamais confundido com a opinião, ideologia ou ponto de vista de qualquer outra entidade que possa estar ligada a mim, como seja a empresa que me emprega neste momento: LEGO System A/S.
Todo o conteúdo original deste blog não pode ser copiado, seja integral ou parcialmente, sem a devida referência à sua origem e um link para a mesma.
Todos os comentários publicados são da total responsabilidade dos seus autores.
Este blogue não tem qualquer apoio ou ligação com qualquer empresa aqui mencionada.