quarta-feira, março 16, 2011

Quem espera sempre alcança!

Quem está a par da minha história com LEGO e de como cheguei a LEGO Designer, a viver na Dinamarca, saberá como tudo começou... com o desejo de comprar um iPhone!

Para quem não sabe, vou contextualizar-vos...

Há cerca três anos atrás, estava eu no primeiro ano da faculdade - Eng. Informática e Computação -, 18 aninhos, ainda bastante entusiasmado com o curso, grande fã de tecnologia e gadgets (comprava a revista Connect todos os meses para ficar a par das novidades), foi então que comecei a juntar dinheiro para comprar o meu iPhone (3G, na altura).

Como estudante que era, a viver da mesada que tinha de dar para as refeições na Faculdade, material, saídas, etc., juntar dinheiro para um telemóvel de 600€ não se adivinhava uma tarefa fácil, mas eu nunca fui de virar as costas aos desafios! :)

O Natal de 2007 serviu de ponto de partida. Logo a seguir veio o meu aniversário (por esta altura) e a Páscoa umas semanas depois. Com todas as prendas que recebi, consegui reunir uma boa parte do dinheiro (penso que pouco mais de metade do dinheiro que precisava).

Eis senão quando me deparo com todo o universo AFOL: as comunidades de fãs de LEGO, as magníficas construções, as novidades da marca, as infinitas possibilidades... fiquei siderado!

Durante alguns dias reflecti no que deveria realmente fazer dali em diante: desistir de algo que realmente queria muito e arriscar em algo que talvez gostasse ainda mais? Ou deixar aquelas "brincadeiras de criança", os olhares "reprovadores" que viriam por ser "um adulto ainda a brincar com LEGO", as infindáveis discussões e justificações sem garantias de sucesso para tentar provar que LEGO era muito mais do que um brinquedo... e comprar o telemóvel da última geração? Eu nunca fui de virar as costas a um desafio, já vos disse, não já?

Pois bem, peguei no dinheiro (ou parte dele numa primeira fase) que tinha já de parte para o telemóvel da moda e fui a uma loja de brinquedos comprar os meus primeiros sets depois da Dark Age (período em que me desliguei completamente do LEGO, entre os 12/13 - 18 anos)!

O desejo de comprar o iPhone ficou adiado, mas não esquecido.

Hoje, dia 16 de Março de 2011, quase três anos depois desta minha sábia decisão, comprei o meu iPhone 4 (que só não chegou mais cedo por diversos percalços, nomeadamente a falta de stock nas lojas!!)!


E hoje, passado todo este tempo, estou a viver o meu sonho de criança, a trabalhar em algo que me dá um prazer imenso, com perspectivas de futuro, de crescimento profissional, contra todas as expectativas que actualmente o meu ainda querido país me queria oferecer... e com um iPhone no bolso!

Se há uma lição a tirar de tudo o que nos acontece na vida - e eu acredito que há - com isto aprendi a esperar, porque...

...quem espera sempre alcança! ;)

Até logo.

P.S. Ah!! E se estás desempregado e queres comprar um iPhone, compra LEGO primeiro... pode ser que com isso consigas um bom emprego! :)

3 comentário(s):

Fábia disse...

:D***

MÓVEIS CARLOS CRUZ disse...

bom dia primo,

parabens pelo teu sucesso e muitas felicidades,não tivemos muita convivência mas admiro as tuas capacidades e espero que continues com essa força e convicção a lutar para a concretização dos teus sonhos e objectivos.

já agora espero que tires partido do teu iphone 4 e que não te percas na confusão pela tanta oferta de aplicações ,o meu filho mais novo tem 2 anos e adora esse brinquedo .

um abraço,
joaquim cruz

Maria Sofia disse...

lol...
Amigo estou desempregada, farta de comprar LEGO e emprego nada.... hahahah
mas como tu dizes quem espera sempre alcança... ou será quem espera desespera...

Este blogue pertence a Marcos Bessa, eu próprio, e tudo o que aqui escrevo diz respeito apenas e só à minha opinião pessoal ou visão dos mais variados assuntos do quotidiano e não pode ser jamais confundido com a opinião, ideologia ou ponto de vista de qualquer outra entidade que possa estar ligada a mim, como seja a empresa que me emprega neste momento: LEGO System A/S.
Todo o conteúdo original deste blog não pode ser copiado, seja integral ou parcialmente, sem a devida referência à sua origem e um link para a mesma.
Todos os comentários publicados são da total responsabilidade dos seus autores.
Este blogue não tem qualquer apoio ou ligação com qualquer empresa aqui mencionada.