quarta-feira, julho 14, 2010

Somos filhos do tempo...

Somos filhos do tempo,
Crescemos e vemos crescer o mundo à nossa volta...
Cada qual ao seu ritmo, cada ser à sua maneira...

Dizem-nos que há regras neste mundo,
Dão-nos manuais de comportamento
E lições de vida que nunca mais esquecemos...

Aqueles que aqui chegaram antes de nós,
Esperam que sigamos os seus passos,
Mas que consigamos ser um pouco melhores do que eles...

Nós que viemos depois,
Desejamos ser um pouco do tanto que eles são,
Ser capazes de dar um pedaçinho do que eles nos deram...

Mas os manuais estão errados,
As regras têm excepções,
E a lei da vida nem sempre se cumpre.

Crescemos e vemos crescer o mundo à nossa volta...
Afinal somos todos filhos do mesmo tempo.
Então porque não temos todos direito às mesmas coisas?

Crianças vêm ao mundo sem pais,
Porque pai é quem ama, quem educa, quem vê crescer...
E não apenas quem concebe ou traz ao mundo.

E pais... aqueles que verdadeiramente o querem ser
E que estão prontos a amar, educar e ver crescer,
Esperam indefinidamente, na incerteza, na angústia, no medo...

Este mundo é estranho.
Resta-nos apenas continuar a crescer com o tempo,
E acreditar que amanhã a vida vai sorrir...

Demore o amanhã o tempo que precisar para chegar.


Poema dedicado a todos os pais que continuam à espera do seu filho.
A vocês, toda a minha solidariedade e apoio! Coragem!

Mas foi para ti, amiga, que escrevi este poema. Sei que as minha palavras pouco podem fazer, mas espero que pelo menos tenham alimentado um pouquinho mais a tua esperança. :')

Até logo.

2 comentário(s):

Maria Sofia disse...

Andava a procura da resposta a 2º questão e dei de caras com este poema que escreves-te para mim e mais uma vez chorei a lê-lo.
Obrigada pela força amigo.

Anônimo disse...

Muito bonito!

Obrigado
Olinda

Este blogue pertence a Marcos Bessa, eu próprio, e tudo o que aqui escrevo diz respeito apenas e só à minha opinião pessoal ou visão dos mais variados assuntos do quotidiano e não pode ser jamais confundido com a opinião, ideologia ou ponto de vista de qualquer outra entidade que possa estar ligada a mim, como seja a empresa que me emprega neste momento: LEGO System A/S.
Todo o conteúdo original deste blog não pode ser copiado, seja integral ou parcialmente, sem a devida referência à sua origem e um link para a mesma.
Todos os comentários publicados são da total responsabilidade dos seus autores.
Este blogue não tem qualquer apoio ou ligação com qualquer empresa aqui mencionada.