terça-feira, agosto 31, 2010

[1ª Parte] De volta a Billund: Cola branca + Gelatina = BOOOM!

Finalmente tive tempo de me sentar em frente ao computador para vos contar como foi esta minha experiência em Billund.

Pois começo por vos dizer que foi A experiência!

Da esquerda para a direita: eu (Portugal), Jordan (EUA), Fred (França) e Paul (EUA).

A aventura começou na 3ª feira quando tive de fazer o meu "trabalho de casa" para levar comigo para Billund. Na sexta feira anterior tinha chegado a minha casa pelo correio uma caixa de bricks básicos (5539) com a qual eu devia "criar um novo tipo de brincadeira com as peças". Tinha cartão verde para usar outros materiais para além das peças e até para cortar, colar ou pintar os bricks. Alguns podem ter ficado um tanto ou quanto intrigados quando eu escrevi no meu Facebook:

Marcos Bessa está neste momento a mergulhar peças LEGO em cola branca......... e sente que está a cometer um crime!! :S
Mas há coisas que têm de ser feitas.....

A verdade é que estava a fazer o meu "trabalho de casa": um tabuleiro de cozinha com um mosaico a representar um peixe no fundo do mar, com algumas algas à mistura.

A primeira fase foi pintar o tabuleiro, duas "de mãos". Depois criei o mosaico em cima de uma folha de papel do tamanho do tabuleiro, enquanto a tinta secava. O passo seguinte foi reproduzir novamente o mosaico mas desta vez sobre a "cama" de cola branca que tinha espalhado sobre o tabuleiro.

Por fim, quando eu achava que a cola já tinha secado o suficiente, despejei sobre as peças meio litro de gelatina super concentrada de frutos do bosque (a única azul!). Pois... Mas a cola não estava seca o suficiente!

Marcos Bessa Pois.... a aventura resultou numa valente bosta! xD
Dica: nunca deitar gelatina de frutos do bosque quente sobre cola branca semi-seca...... xD
Isto de fazer tudo à última da hora nem sempre resulta.......... :/

O cenário estava negro, pairava uma nuvem cinzenta sobre a minha cabeça e a jorrada de água que faltava para arruinar tudo de uma vez por todas estava mesmo a ameaçar cair... Mas com paciência e cuidado lá consegui reparar o caos e deixei o tabuleiro a secar com pilhas de livros sobre uma camada de jornal de forma a pressionar as peças para que elas não "flutuassem" mais naquele mar de gelatina.

O resultado, por fim, nem foi assim tão mau! :)



Este acabou por ser o primeiro trabalho que tive de apresentar em Billund, na quinta-feira de manhã: o primeiro dia do Workshop. Os designers e demais funcionários da LEGO que estavam presentes para avaliar os nossos trabalhos não foram muito extensos em comentários nesta primeira prova, mas pude perceber que ficaram agradavelmente surpreendidos com a ideia e com a utilização de gelatina de verdade. Toda a gente tinha de lhe tocar para acreditar! :)

Fui o único que não encaixou um único brick nesta prova.
"Create a new type of play experience (...) Can LEGO Bricks be used for more than just a good building experience?"

Pelo menos original acredito que fui.

Mas voltemos um pouco atrás no tempo, afinal de contas quando terminei esta primeira prova ainda estava em solo nacional.

Continua em [2ª Parte] De volta a Billund: como é triste não estar habituado a voar sozinho!.

2 comentário(s):

Guilherme F disse...

Vou citar o vocalista dos Exodus a propósito dum concerto cancelado: "You know that feeling when they get your dick off your pants, start messing around and then don't finish the job? That's totally how it feels!"

E eu digo o mesmo deste relato inacabado xP queremos ver o resto! :D

Marcos Bessa disse...

LOL... Essa comparação era desnecessária visto que este é um blog familiar, Sr. Diaaabo! XD

Este blogue pertence a Marcos Bessa, eu próprio, e tudo o que aqui escrevo diz respeito apenas e só à minha opinião pessoal ou visão dos mais variados assuntos do quotidiano e não pode ser jamais confundido com a opinião, ideologia ou ponto de vista de qualquer outra entidade que possa estar ligada a mim, como seja a empresa que me emprega neste momento: LEGO System A/S.
Todo o conteúdo original deste blog não pode ser copiado, seja integral ou parcialmente, sem a devida referência à sua origem e um link para a mesma.
Todos os comentários publicados são da total responsabilidade dos seus autores.
Este blogue não tem qualquer apoio ou ligação com qualquer empresa aqui mencionada.