terça-feira, agosto 31, 2010

[4ª Parte] De volta a Billund: READY, SET, GO!


De manhã (ou devo dizer: de madrugada?!), o despertador tocou às 6h. Eu bem que disse ao Giles que se acordássemos às 6h30 tínhamos tempo para cada um tomar o seu banho, irmos tomar o pequeno almoço e estarmos prontos às 8h30 no salão de refeições. Mas já todos ouvimos falar da pontualidade britânica, não já?!

Eram 6h40 e estava eu deitado na cama, de banho tomado, a ler..., a "fazer horas" até às 7, que era quando o pequeno-almoço era servido. Quem tinha razão? =D

Quando chegamos ao salão de refeições - ou simplesmente refeitório - já lá estavam alguns madrugadores! Pareciam todos ansiosos por começar. Quando fui escolher o que comer, havia de tudo um pouco: cereais de vários tipos, frutas, geleias, manteiga, nutela, leite, iogurte (ou então um leite muuuuuito cremoso, visto que ele escorria de um pacote igualzinho ao do leite, mas com uma percentagem de concentração diferente impressa na caixa!), pão de todo o tipo e até pickles frescos! Tínhamos ainda uma máquina para tirar cafés e chá.

Eu tomei a minha tradicional taça de leite com cereais e comi uma fatia de pão torrado com manteiga, acompanhado de um copo de sumo de maçã, que um dinamarquês aproveitou para brincar comigo dizendo: "a beber cerveja logo pela manhã?", ao que eu respondi: "nós portugueses somos assim: duros!".

Enquanto tomávamos o pequeno-almoço, uma série de funcionários da LEGO passava por nós, lá e cá, carregando caixas de LEGO infindáveis... "Seria tudo aquilo para nós?!"

Depois do pequeno-almoço tomado, fomos chamados a passar para a sala que seria o espaço onde passaríamos as quase 12 horas seguintes - uma sala ampla, multiusos, com 4 conjuntos de mesas dispostas ao centro, preparadas para uma reunião ou algo do género, com copos e chávenas de chá em cada lugar, uma pastinha com os contratos a assinar e mais uma fila de mesas ao fundo com praticamente todos os sets LEGO em produção este ano (inclusivé as novidades do final do ano, como os sets Harry Potter).

Havia uma lista fixada na porta de entrada com os nomes de cada um atribuídos a um de quatro grupos. Aí, como todos os outros, imaginei que em algum momento tivéssemos de trabalhar em grupo, mas a verdade é que o trabalho veio a revelar-se totalmente individual, aumentando ainda mais a inevitável competitividade entre todos (que apesar de tudo, não era assim tão evidente de uns para os outros!).

Eu estava no grupo 3. Deixei as minhas coisas no chão encostadas a uma perna da mesa e sentei-me. Fui dos primeiros a sentar-me, mas depois apercebi-me que não tinha ainda o meu cartão de identificação. Levantei-me e fui para o fim da fila. Quando finalmente voltei para a mesa, todos os lugares estavam ocupados. "Mas então onde me vou sentar eu?" Foi então que perguntei se eram todos do grupo 3. Aí, a maioria do pessoal começou a olhar uns para os outros: "mas existem grupos definidos?". Ai pois existiam! Levantaram-se os que ainda não tinham visto a tal folha na porta e foram verificar a que grupo pertenciam. E aí, como que por magia, o meu lugar apareceu! :)

Depois de dadas as boas vindas por parte da equipa de designers presente e de cada um deles se ter apresentado aos 40 candidatos, as "hostilidades" começaram!

Para começar tivemos de apresentar os nossos "trabalhos de casa"! Lembram-se do meu tabuleiro-aquário?

Eu tive de apresentar o meu trabalho em frente ao meu grupo e ao conjunto de designers presente. Expliquei que quando recebi a caixa de bricks básicos em casa, com cores tão berrantes e peças tão simples, não tinha uma ideia do que pudesse fazer. Foi então que me lembrei de criar um mosaico e usar gelatina real para preencher os espaços entre as peças. A reacção geral foi de surpresa ao perceberem que se tratava de gelatina de verdade. Claro está que foram muitos os que tiveram de tocar para acreditar!

Depois de uma primeira prova de desenho in-loco e outra de construção, a manhã chegou ao fim! Era hora de ir almoçar e conversar um pouquinho com os amigos que se começavam a criar para relaxar um pouco! Apesar de tudo, o dia estava a começar bem, embora a pressão fosse cada vez maior. Olhava em volta e só via designers, pessoal profissional no que diz respeito a criar conceitos e desenhar, e eu era apenas um fã de LEGO - um dos 8 ou 9 presentes contra os mais de 30 designers!! Mas acho que não me saí nada mal em qualquer uma das provas!

0 comentário(s):

Este blogue pertence a Marcos Bessa, eu próprio, e tudo o que aqui escrevo diz respeito apenas e só à minha opinião pessoal ou visão dos mais variados assuntos do quotidiano e não pode ser jamais confundido com a opinião, ideologia ou ponto de vista de qualquer outra entidade que possa estar ligada a mim, como seja a empresa que me emprega neste momento: LEGO System A/S.
Todo o conteúdo original deste blog não pode ser copiado, seja integral ou parcialmente, sem a devida referência à sua origem e um link para a mesma.
Todos os comentários publicados são da total responsabilidade dos seus autores.
Este blogue não tem qualquer apoio ou ligação com qualquer empresa aqui mencionada.