quarta-feira, setembro 01, 2010

[7ª Parte] De volta a Billund: tudo o que é bom acaba depressa...


Depois de a parte dura do workshop ter terminado, veio um momento não menos estranho e inquietante, mas exactamente no meio tivemos, claro, de almoçar. No refeitório, esperava por mim a refeição mais inesperada de todos aqueles dias: croissants com uma pasta de maionese e camarões pequenos inteiros. Lembram-se da tara deles por maionese?! Pois... Não era tão mau assim, mas só consegui comer um. Depois fui à sala de trabalho buscar uma maçã.

Não me recordo se arrumamos tudo antes de almoçar ou depois, mas colocamos as mesas que estavam ao centro da sala dos lados e toda a gente arrumou os seus trabalhos, criando uma espécie de exposição ao redor da sala.

Junto dos meus trabalhos, coloquei algumas páginas impressas do meu portefólio que levei comigo para mostrar algumas das minhas criações.

A seguir ao almoço recebemos imensos designers da LEGO e outros funcionários que passaram pela sala para apreciar os nossos trabalhos. Fui ficando a conversar com os meus colegas e "concorrentes". A ansiedade por uma resposta era cada vez maior. Não sabíamos se iríamos receber o veredicto final ainda antes de voltarmos para casa ou se teríamos de esperar.

Adrian (LEGO Designer), Jordan (EUA), Paul (EUA) e eu.

Enquanto a sala estava cheia de gente, na sala de convívio, mesmo ao lado, estava o Paul - o americano - a vasculhar os sacos com os restos das peças que sobraram das provas de construção. Quando eu estava a chegar ao pé dele, o Jullian - um tímido francês - já estava de saída com um grande saco de LEGO nos braços.

"Mas nós podemos ficar com as peças?", perguntei eu ao Paul, ao que ele respondeu afirmativamente. Uiii.... Estava no paraíso! Toca a revistar todos os sacos em busca das melhores peças. Primeiro comecei por pegar numa ou noutra peça, mas depois pensei que devia escolher um saco bem recheado e começar a meter lá para dentro todas as outras peças que me interessavam.... :)

Nisto, uma funcionária do espaço onde estávamos trouxe mais uns sacos para o pé de nós e disse: "Também podem tirar destes... Até estão fechados!" Qual não foi a minha surpresa quando vi sacos com sets de 100€ novinhos em folha (7946 King's Castle), com as respectivas peças ainda nos sacos originais selados... Claro que tinha de pegar num para mim!! =D

Aí comecei a pensar que se calhar já tinha o suficiente e que não devia ser egoísta, então peguei no meu saco e levei-o para junto da minha mala. :)

Por volta das 3h da tarde o pessoal da LEGO começou a despedir-se e a sala voltou a ficar vazia. Humm... Talvez vazia não seja a palavra mais adequada, visto que ainda lá estavam 40 candidatos e mais uns 10 funcionários da LEGO! =D

Os devidos agradecimentos foram feitos, por ambas as partes e as despedidas tiveram início. Foi um bocado difícil, porque já me estava a habituar às comidas estranhas! Mas para compensar, cada candidato teve direito a um saco com uns presentinhos...... =D Não vou inumerá-los para não criar mais invejas!

Antes da verdadeira partida, tivemos ainda direito a um bilhete para visitar o parque LEGOLAND mesmo ali ao lado. Não tive muito tempo, visto que o táxi para me levar ao aeroporto chegava às 17h, mas ainda assim fui espreitar a loja e dar uma volta pelo parque. Que saudades me deu dos momentos que passei com o pessoal da 0937! Podem achar-me um lamechas, mas se algum de vocês está a ler isto, acreditem: não é a mesma coisa sem vocês por lá! :')

O meu voo para Frankfurt partia às 18h30, mas só passada uma hora é que estava realmente a levantar voo de Billund. Na viagem de volta voltei a pegar no meu livro e continuei a ler. Cheguei a Frankfurt e aí despedi-me do meu novo amigo polaco: o Karwik, que apesar de ter sido do meu grupo durante todo o workshop, só tive realmente oportunidade de o conhecer na hora que passamos em Billund à espera do nosso voo. Despedimo-nos e cada um foi para o seu lado - literalmente.

Quando cheguei a Portugal tinha o meu irmão e mais duas (novas) amigas à minha espera. Estava exausto. E já falava um português manhoso, com palavras em inglês pelo meio...

Perdi alguns minutos a ver o meu mail e outros sites que já não consultava há dias. Assim que caí na cama, adormeci.

Foi sem dúvida umas das mais importantes experiências da minha vida! E ainda não acabou... Dentro de dias receberei um mail que ditará o final desta história.

Continua em [8ª Parte] De volta a Billund: para ficar!.

6 comentário(s):

Jorel disse...

E ficamos a aguardar com ansiedade a resposta!! Boa sorte! :D

António Vaz disse...

li tudinho =P
Amazing!!
é o que digo x)
abraço ;)

Mário Mauricio disse...

Li a aventura toda, e de certeza absoluta que nunca te vais esquecer dela. Parabéns.

MorbidDestiny disse...

Bem...que aventura...eheh...essas comidas,gostava de experimentar...
gostei também do pormenor de ver alguns bem agasalhados e outros de t-shirt e calçoes, lool xD

mas fizeste um bom trabalho, agora é realmente esperar..e que seja uma boa notícia ;)

(e essa de trazeres peças à vontade, sim senhor...lol)

Mortymore disse...

Parabéns!!!!
Boa sorte para desempenhares as tarefas que te aguardam.
Diverte-te um bocadinho por cada AFOL que admira o teu trabalho.

Abraço
(Mortymore)

Maria Sofia disse...

Amigo, acredito que a Legoland não tenha sido a mesma coisa sem nós, sem os risos, as correrias, a loucura....
Mas parabéns mais uma vez...

Este blogue pertence a Marcos Bessa, eu próprio, e tudo o que aqui escrevo diz respeito apenas e só à minha opinião pessoal ou visão dos mais variados assuntos do quotidiano e não pode ser jamais confundido com a opinião, ideologia ou ponto de vista de qualquer outra entidade que possa estar ligada a mim, como seja a empresa que me emprega neste momento: LEGO System A/S.
Todo o conteúdo original deste blog não pode ser copiado, seja integral ou parcialmente, sem a devida referência à sua origem e um link para a mesma.
Todos os comentários publicados são da total responsabilidade dos seus autores.
Este blogue não tem qualquer apoio ou ligação com qualquer empresa aqui mencionada.