quinta-feira, setembro 30, 2010

[DESIGN] Sobre rodas todo-o-terreno!

Há umas semanas, o meu amigo - e manager, agente, conselheiro profissional, etc. =D - Filipe Alves pediu-me para criar um cartaz para um passeio de BTT que ele estava a co-organizar.

Na altura eu andava para experimentar um tutorial de photoshop que tinha surgido num site que eu visito regularmente. Então, porque não juntar o útil ao agradável?

Antes de mais, aqui está o resultado final esperado do tutorial:

(Link na imagem para o tutorial do Photoshop Tuturials)

Assim, seguindo as indicações do tutorial, mas sem me deixar limitar por ele, cheguei a este resultado:


Gostei bastante de fazer este trabalho e como em todos os tutoriais que vou seguindo, aprendi bastante! Sugiro mesmo a quem goste de design ou de simplesmente brincar com o photoshop a dar uma vista de olhos no site - Photoshop Tuturials -, vale bem a pena pelos tutoriais variadíssimos e muito bem explicados!

A propósito do cartaz, para os interessados em BTT, aqui fica alguma informação adicional sobre o passeio:

2º Passeio de BTT Escalos Fundeiros 31 OUT'10

No próximo dia 31 de Outubro de 2010 a Associação de Melhoramentos, Cultura e Recreio dos Escalos Fundeiros - Pedrógão Grande, irá promover o 2º Passeio de BTT, sendo esta, mais uma actividade a não perder. 
Inscrições aqui. Regulamento aqui

Até logo.
Leia mais...

Em destaque no BrickJournal (publicação americana)!

O BrickJournal é uma publicação bimensal americana direccionada exclusivamente para o Hobby LEGO, dando destaque ao que de melhor se faz e constrói. Eventos, MOCs, novos construtores, encontros, viagens, novidades... de tudo um pouco vão sendo preenchidas as páginas da revista, com edição de Joe Meno - que tive oportunidade de conhecer na viagem em Abril à Dinamarca em conjunto com a Comunidade 0937.

Há umas semanas atrás, estava eu a falar no chat do Facebook com o Joe, quando lhe perguntei sobre um artigo que está para sair na revista sobre a nossa viagem a Billund já há uns meses (parece que é mesmo na próxima edição que sai!)... Ele respondeu que andava com imenso trabalho e que ainda não tinha tido oportunidade de editar o artigo - coisa que pelos vistos ainda lhe ia dar algum trabalho, dadas as imensas fotos para seleccionar. Conversa puxa conversa e pouco depois, a propósito da capa da última edição - Issue 11, com uma criação dos irmãos ARVO na capa - começamos a falar sobre a forma de selecção para o que servia de capa. Normalmente são criações vistosas e de grande valor técnico e estético. Perguntei-lhe então onde ele andava a procurar essas construções, se era por recomendação de alguém, se vasculhava o Brickshelf ou o Flickr... Ele disse-me que às vezes acontece isso mesmo: vasculha na Internet, mas que sobretudo é por contacto directo que tem com as construções nos vários eventos a que vai por esse mundo fora.

Para mim, como AFOL, estava obviamente nos meus objectivos chegar a ter uma capa no BrickJournal e o Joe apercebeu-se disso na nossa conversa... Mas como poderia eu chegar lá se ele nem sequer conhecia as minhas construções!? Pois é... O Joe sabia que eu era um dos gajos altos de Portugal com quem ele tinha falado bastante em Billund, mas desconhecia por completo o meu trabalho como AFOL. Foi então que lhe mostrei a minha galeria no Flickr e não é que ele já conhecia o Milou!? O raio do cachorro de bricks brancos é mesmo conhecido! =D

Tendo visto com atenção os meus trabalhos e tendo reconhecido o meu estilo ecléctico e cuidado de construir, disse-me logo pelo facebook "I think we got a new article!"... Sério!? Eu fiquei radiante... Um artigo só para mim na mais importante publicação mundial do Hobby!? Ficou combinado de ele me enviar as perguntas por mail enquanto que eu devia seleccionar as melhores fotos das minhas construções. Tudo feito, estava pronto o meu primeiro artigo no BrickJournal: 5 páginas inteiras, mais a honra de figurar no índice com a minha Villa Maison! =D

Ainda não foi desta que tive a capa - o Joe diz que essas já estão agendadas com grande antecedência -, mas acham mesmo que fiquei menos contente? A capa fica para a próxima! =D

Os últimos tempos têm sido realmente ricos em conquistas e sucesso no que diz respeito ao meu Hobby número 1 - e consequentemente na vida profissional -, só espero que assim continue a ser pelos restantes sectores da minha vida!

Para os interessados, podem comprar a revista em formato digital (PDF) ou físico (a ser enviado pelo correio dos EUA), na TwoMorrows Publishing. Para já, podem fazer download de um preview totalmente gratuito da revista onde já figuram 2 das 5 páginas do meu artigo (clicar na capa da revista para fazer download do preview).

Até logo.
Leia mais...

E o Óscar vai para.... Facebook!?

Quando li a primeira vez que iam fazer um filme sobre o Facebook, fiquei curioso confesso, mas nunca esperei que fosse sair dali algo significativo...


...pelos vistos é já considerado por alguns críticos como o filme do ano e um muito provável candidato ao Oscar! :O Isso mesmo: o filme do Facebook poderá estar nos nomeados aos Óscares do próximo ano!

Resta-me esperar para ver o filme e tirar a minha própria conclusão.... :) Quais críticos quais quê... Eles não percebem nada de Cinema e não.... XD 

Fonte: CinemaBlend

Até logo.
Leia mais...

quarta-feira, setembro 22, 2010

Pokémons reais?!

Pois é, ontem surgiu na Internet um rumor de que está a ser produzido um filme em "live-action" baseado nos desenhos animados Pokémon.

Eu admito que fui em tempos - na minha adolescência - um fã vidrado na série e nos jogos dela derivados. Bons tempos a jogar Game Boy..... :')

Hoje encontrei por acaso o suposto primeiro "trailer" no YouTube deste misterioso projecto:



A julgar pelo "trailer", há quem afirme que o mais certo é tratar-se de uma produção independente de algum grupo de fãs mais aficionados do que é normal. A ser verdade, este tipo de produção não será exactamente algo inédito, sendo prova disso outros filmes baseados em séries de desenhos animados, jogos de consola ou até livros, como “Mortal Kombat: Rebirth”, “Street Fighter: Legacy“ e "The Hunt For Gollum".

O trailer não me convenceu muito, porque os efeitos especiais estão muito fracos... Mas também de uma produção independente, sem os milhões que alimentam os filmes de Hollywood, seria difícil esperar outra coisa!

Suposto cartaz do filme.

A história apresentada pelo trailer passa-se na idade adulta de Ash - o protagonista da primeira série dos desenhos animados -, numa altura em que as lutas entre pokémons são proibidas. Não se espera por isso ver de alguma forma os episódios originais numa versão "live-action", mas antes dar uma contextualização "real" aos desenhos no tempo actual dos primeiros fãs da série que hoje, como eu, são adultos.

Eu confesso que até gostava de ver um filme como este, mas teria mesmo de ser uma produção gigantesca para ter efeitos especiais de valor! E para não falar que os pokémons teriam de passar por uma grave "cirurgia plástica" para ganharam um aspecto mais real e hostil e não tanto "cartoonish"...

A ver vamos como isto se desenrola.

Até logo.
Leia mais...

2.ª Edição do LusOlympics

No fórum da Comunidade 0937 ultimam-se os preparativos para o arranque de uma nova edição de um concurso que teve grande sucesso no ano passado.


O LusOlympics é um desafio entre as duas comunidades lusófonas - Comunidade 0937 e LUG Brasil -, no qual são postas à prova as capacidades criativas dos respectivos membros.

Eu participei na primeira edição e foi justamente de uma prova deste concurso que surgiu um dos meus mais acarinhados e conhecidos MOCs: o cachorrinho na caixa, ou mais concretamente, o Milou, das aventuras de TinTin.


A primeira edição foi um sucesso desde logo pela adesão dos participantes de ambas as comunidades, mas sobretudo pela qualidade dos trabalhos que dela surgiram!

Esta nova edição com certeza não ficará atrás! Estejam atentos, porque grandes trabalhos surgirão! ;)

Até logo.
Leia mais...

quinta-feira, setembro 16, 2010

MOLA - um salto gigante na divulgação do LEGO em Portugal!

Foi já há alguns meses que ouvi falar pela primeira vez num projecto ambicioso e pioneiro em Portugal: uma revista inteiramente dedicada ao hobbie LEGO em Português!


O propulsor da ideia chama-se Luís Vedorias, um fã de LEGO que além de querer saber sempre mais sobre o seu hobbie de eleição, quer partilhar tudo quanto pode com os demais admiradores, simpatizantes ou até mesmo com aqueles que ainda não tiveram oportunidade de conhecer verdadeiramente o outro lado do brinquedo!

Agora, finalmente, a versão beta da primeira edição da MOLA Brick Magazine está aí disponível para toda a gente em formato digital, no blog do projecto: molamagazine.blogspot.com.

A Comunidade 0937 colaborou com muitos artigos e fotos nesta primeira edição e muitas mais colaborações estarão para vir, tal foi a satisfação de ambas as partes com o resultado já conseguido!

Fiquem atentos, porque este projecto realmente promete!

Até logo.
Leia mais...

Tudo tem um princípio...

Porque tinha mesmo de escolher uma data...

Porque já não fazia sentido continuar sem comemorar a continuidade deste meu projecto...

No próximo dia 16 de Outubro, este blog fará 2 anos! Tenho de pensar no que fazer para não deixar a data passar em branco novamente! :)

Até logo.
Leia mais...

segunda-feira, setembro 06, 2010

Entrevistado directamente da Hungria

Há uns mesitos, logo após ter apresentado o meu Museu em LEGO no mundo cibernáutico, um dos vários destaques que surgiram foi num blog húngaro, aquele que, segundo o autor, é a principal fonte de informação e espaço de discussão sobre LEGO de um país que ainda não tem uma comunidade de Fãs de LEGO organizada.

A propósito desse mesmo destaque, sobre o qual eu comentei no Fórum da Comunidade 0937, o autor do blog registou-se no nosso fórum e perguntou-me se estaria disponível para lhe responder a uma entrevista para o seu espaço. Prontifiquei-me desde logo, sem qualquer problema!

A entrevista já foi publicada no tal blog húngaro e podem lê-la (se conseguirem! =D) aqui!

Para os mais curiosos - que não entendam húngaro e que não querem perder metade do sentido das palavras por meio do tradutor automático do google -, aqui têm a entrevista original feita em inglês:

I'm sure you used to play lego when you're a child. Have you stopped playing lego when you felt you are grown up, and started again when you become a real adult, or you played continuously?
Yes, I had a dark age – a dark and painful period of time in which I didn’t touch any LEGO part – and it lasted about 6 or 7 years. I only stopped playing with LEGO because everybody around used to tell me that LEGO was a kids toy, not for my age anymore, and unfortunately I started to believe them at some point in my life.

When? (How old were you at those dark age?)
I stopped playing with lego at the age of 12 and the "dark age" lasted until I was 19.

What was your most preferred theme when you were a child?
I had really few sets, because LEGO was (and still is) a too expensive toy… I can’t remember a theme that I loved the most, but I had castle sets and some of city and I totally love them! J

And today?
Definitely, today there is indeed a theme that I love the most: the modular buildings! Jamie Berard has been doing an excellent work. But I also love the licensed themes as well, because of the wonderful minifigs and new parts!

Are you collecting sets, or just building MOCs?
Just building! I rarely buy a set to keep it built. The exception, for now, it’s only the 4999 Vestas Wind Torbine that I bought part by part on Bricklink (and now it’s actually without its lights and battery).

What is/ or what will be your real profession? Is there any connection with lego? Or with (house-) building?
This year I finished my degree in computer sciences oriented in computer engineering and I recently applied for the job of LEGO Designer. I was picked for the group of 40 people which went to Billund last week to attend the workshop. Now I am waiting to know if I am going to work at LEGO in the real near future. J

If you have an answer, please do not hesitate to inform us.
No, I don't have an answer yet. I waiting... They should tell me something in the next few days.

If you have a job, do your colleagues (or your roommates) know that you are a lego-builder?
All my friends and family know that and most of my colleagues at college know as well, some because I told them, others because they saw me on the national TV being interview on a show about hobbies and uncommon passions. I never made it secret! ;)

Do you accidentally decide to build something (for example seen something in the street), or you think a lot before planning?
A bit of both! It really depends on the free time I have or on what I actually see on the streets that might or not be inspiring.

How do you make the plans? Are you using computer-based programs (which one?), or you just make detailed paper-notes, or you are planning and developing during the building progress? if you have paper-notes, can we ask you to scan and send some?
No, I don’t usually make any kind of paper-notes… It’s really rare! But sometimes I plan some details or some more complex parts of a creation on LEGO Digital Designer. In fact, most of the times, I just build without much preparation.

Once you decide what you build, do the (very) small details/built jokes come accidentally during the building progress, or you plan it prior also?
Well, I don’t know… For what I can remember now I would say they just come accidentally, because usually the process of “giving life” to my creations just come at the end, so only in that moment I stop to think about what I can do to enrich the creation.

How much time you usually plan? How much time you usually build a MOC? What is longer, the small or the grand MOCs? (e.g. little café corner vs. museum)
Most of my creations take some weeks to be completed because I usually need to buy some particular parts on Bricklink to finish it, but as I already said, I don’t spend much time planning it, I start to build it right off as soon as I got the idea and some free time! About the examples you gave, I spent few hours to build the little café corner, because it was made for a contest and I was really running out of time, so I had to make it quick. The museum took me almost an year to be completed, but this was mostly due to the fact that I had to buy a lot of expensive parts and I had to make the money before; the fact that I had a really busy year at college “helped” a little bit too to increase the building time.

Do you build a rude model using the bricks you have (various colors, etc.), and once you realize that the moc is working you order the elements in the right color, or once you have the plans ready, you order the bricks, and build scene? What is your favorite brick-store? 
I’m more the kind of AFOL that when doesn’t have the needed parts, plan it a little bit and order the elements, only then I build. This makes me take some unnecessary risks, I mean, if I planned every single creation wisely I would save some money, but I don’t have much patience to project everything first on paper or even in the computer. Although, I’ve been changing that! J

Do you have family? If yes, what your wife/girlfriend thinks about the so much hours you spent with lego? 
I still live with my parents and my younger brother and I’m single at the moment, so there’s not that much troubles about the time I spend with LEGO. They all respect the fact that it’s my passion, so it’s all fine!

How much time you spend browsing the internet for new mocs, techniques, etc?
Well, a couple of hours a day, maybe… Every day, I visit my LUG’s forum, Flickr, Eurobricks, The Brothers Bricks and some other sites, so I can always be updated about what’s happening on the AFOLs scene.

How many lego-feed you have in your google reader? How many flickr-pool you visit regularly (lego-pools, obviously)
I don’t use google reader or any other kind of feeds reader. And on flickr I think I just visit regularly the LEGO pool, other then that I just click on some thumbnails randomly…

Do you have direct (personal, or on-line) connection with other (famous) moc players?
Yes, I keep on-line contact with some and I had the chance to meet some of them personally already, which is really cool! But this question is quite difficult to answer, because I don’t know which builders are “famous” in Hungary! I know LBaixinho, the ARVO Brothers, Sir Nadroj and keep in touch through foruns with many others.

Who is your favorite builder?
I’m gonna repeat myself! Curiously, some of my favorite builders are the same that I mentioned that I have met already. So, here are some of my favorite builders: LBaixinho, Evildead, Rupi, Biczzz, Romão (these five are from Portugal and are friends of mine), ARVO Brothers, Sir Nadroj, Mijasper, Teddy, among others.

Are you attending exhibitions in Portugal and or abroad? As a guest also?
Yes, in Portugal, as a member of the Portuguese LUG “Comunidade 0937” I co-organize many exhibitions around the country in which I show my creations. Until today, I was never invited to join any convention abroad, but I’m thinking about attending the next FanWelt in Cologne as an exhibitor, which will be the first time I show my creations outside my country!

What the "Comunidade 0937" means? How many members you have?
The direct translation of it is: "0937 Community" and the number is a reference to LEGO. If you turn the number 180º you'll read: "LEGO"! :) Our LUG has more the 1000 registerd members, but only about 100 are regular visitors, and 50 are really active.

Do you visit exhibitions as a simple spectacor/visitor (home and abroad)?
I coorganized all the exhibitions that I visited here in Portugal, displaying my creations too. Abroad, until now, I went only as a visitor.

At this moment, what is your biggest plan to build?
Well, since my LUG’s big event of this year took place last June and for that reason I finished all my current projects for it, I’ve been busy with other stuff this summer and haven’t been building or planning much these last weeks. But I do have many things that I would love to build: like a Jurassic Park Display or a classic styled square with many detailed buildings.

Do you have some special dream regarding the lego rom your childhood (e.g.: to build a house, where one flor is only for lego, and you build a huge town with rails, or something)
I don’t think it’s a huge dream from childhood, but I would like to have a real table made out of bricks just like the one I saw a few months ago on the internet! J

Do you want to work for the LEGO Company?
Certainly!! It’s my biggest dream ever! And I’ve started to work on that already, has I’ve told you a few questions ago! J

Have you ever been to Legoland and/or a Lego factory?
Yes and yes! Fortunately I can say that I am a little bit lucky! Last April me and more 40 people from my LUG went to Billund by bus to visit the LEGOLAND Park and the LEGO Factories. We also visited the Idea House – a museum – and the wonderful Vault!

What is your favorite set of this year?
I don’t have a favorite set. I loved the Toy Story minifigs though!

If you would be a CEO of the LEGO company, what you order to release (a new theme, or subtheme, or a single set with specific content)?
Humm… I think I must save the answer for that question, because I don’t know if I’m gonna need it later! :D Just kidding… I would love LEGO makes any Marvel Licensed Theme like DareDevil, X-Man, Iron-Man, etc.

I've just realized, that Mega Bloks issued some iron Man sets. What do you think about the clones? Have you ever used clones, like Nnenn? ( http://lego.blog.hu/2010/04/15/gyasz_74 )
Clones?! Nheeeccc.... Nooo! I never bought clones and I don't really think I would ever do so! Even knowing that I love Marvel movies, I rather not have any LEGO set, than buying a clone brand.

Do you have professional assistant to make the photos of your moc, or you are making those also?
Wow! I would love to! ;D No, I’m the one who takes the photos too, most of them were taken with my cellphones (I know, I should be shamed…), but I haven’t got the chance to buy a good camera yet! Anyway, there’s an exception: my Museum – since it’s my biggest MOC ever –, was photographed on a studio by a professional photographer friend of mine.

What was you first moc, which you can consider as a real moc today?
Well, probably this one, built in September 2008.

And at last, a bonus question: are you using separor to separate the bricks? :D
Yeah! I have two! :) And I need them frequently! Quite helpful parts! 

Até logo! ;)
Leia mais...

sexta-feira, setembro 03, 2010

[8ª Parte] De volta a Billund: para ficar!

Continuação de [7ª Parte] De volta a Billund: tudo o que é bom acaba depressa....

É com enorme alegria e satisfação (e com as mãos a suar e as pernas a tremer) que vos digo - aos que ainda não sabem - que consegui realizar o meu maior sonho de criança!

A partir do próximo mês serei LEGO Designer!

Estou numa alegria imensa... Não sei mais o que dizer ou escrever... Amanhã talvez já esteja um pouco mais em mim e quem sabe não consiga dizer algo melhor! =D

Obrigado a todos os meus amigos por acreditarem em mim! Obrigado à COMUNIDADE 0937!
Leia mais...

quinta-feira, setembro 02, 2010

Quando nasceu este blog?

Pois é... Há uns dias dei aqui os meus parabéns à Comunidade de fãs LEGO a que pertenço - a Comunidade 0937 - e ao blog/projecto de um amigo meu - o Mão de ABS - e com isso dei comigo a pensar que não sabia qual era a data de aniversário do meu blog!

Logótipo do primeiro tema deste blog.

Tenho algumas possibilidades:

  • 16 de Outubro de 2008
    Dia em que anunciei no meu antigo espaço - omeucantodasletras.blogspot.com - que tinha criado o meu novo blog.
     
  • 25 de Novembro de 2008
    Dia em que publiquei o primeiro post neste blog. Os posts anteriores a esta data foram migrados do antigo blog.
     
  • 12 de Setembro de 2006
    Data do primeiro post n'omeucantodasletras. Afinal de contas este blog não é mais do que um "upgrade" ao projecto que começou com outro nome e outro endereço.
      
  • outra data qualquer, por algum motivo...

Neste momento são estas as possibilidades que me recordo. Seja qual for a data que venha a escolher, o 2º aniversário está aí a chegar! Portanto, tenho de pensar em algo para comemorar.... :)

Se quiserem ajudar-me a resolver isto, deixem um comentário com a vossa sugestão!

Até logo.
Leia mais...

Como eu queria que os meus brinquedos tivessem vida...

Quando na entrevista em Billund me perguntaram qual era o meu filme de animação preferido eu disse sem hesitar: Toy Story!

Não estava a pensar em nenhum filme em particular, adorei os 3! Quando era miúdo adorava que os meus brinquedos também tivessem ganho vida para brincar comigo... Infelizmente nunca tive a mesma sorte que o Andy!


Hoje apeteceu-me mudar a imagem do meu blog... Já estava à imenso tempo com o mesmo aspecto e já me começava a cansar! =P Por isso decidi usar a imagem do meu filme (ou série de filmes) de animação preferido!

Até logo.
Leia mais...

quarta-feira, setembro 01, 2010

[7ª Parte] De volta a Billund: tudo o que é bom acaba depressa...


Depois de a parte dura do workshop ter terminado, veio um momento não menos estranho e inquietante, mas exactamente no meio tivemos, claro, de almoçar. No refeitório, esperava por mim a refeição mais inesperada de todos aqueles dias: croissants com uma pasta de maionese e camarões pequenos inteiros. Lembram-se da tara deles por maionese?! Pois... Não era tão mau assim, mas só consegui comer um. Depois fui à sala de trabalho buscar uma maçã.

Não me recordo se arrumamos tudo antes de almoçar ou depois, mas colocamos as mesas que estavam ao centro da sala dos lados e toda a gente arrumou os seus trabalhos, criando uma espécie de exposição ao redor da sala.

Junto dos meus trabalhos, coloquei algumas páginas impressas do meu portefólio que levei comigo para mostrar algumas das minhas criações.

A seguir ao almoço recebemos imensos designers da LEGO e outros funcionários que passaram pela sala para apreciar os nossos trabalhos. Fui ficando a conversar com os meus colegas e "concorrentes". A ansiedade por uma resposta era cada vez maior. Não sabíamos se iríamos receber o veredicto final ainda antes de voltarmos para casa ou se teríamos de esperar.

Adrian (LEGO Designer), Jordan (EUA), Paul (EUA) e eu.

Enquanto a sala estava cheia de gente, na sala de convívio, mesmo ao lado, estava o Paul - o americano - a vasculhar os sacos com os restos das peças que sobraram das provas de construção. Quando eu estava a chegar ao pé dele, o Jullian - um tímido francês - já estava de saída com um grande saco de LEGO nos braços.

"Mas nós podemos ficar com as peças?", perguntei eu ao Paul, ao que ele respondeu afirmativamente. Uiii.... Estava no paraíso! Toca a revistar todos os sacos em busca das melhores peças. Primeiro comecei por pegar numa ou noutra peça, mas depois pensei que devia escolher um saco bem recheado e começar a meter lá para dentro todas as outras peças que me interessavam.... :)

Nisto, uma funcionária do espaço onde estávamos trouxe mais uns sacos para o pé de nós e disse: "Também podem tirar destes... Até estão fechados!" Qual não foi a minha surpresa quando vi sacos com sets de 100€ novinhos em folha (7946 King's Castle), com as respectivas peças ainda nos sacos originais selados... Claro que tinha de pegar num para mim!! =D

Aí comecei a pensar que se calhar já tinha o suficiente e que não devia ser egoísta, então peguei no meu saco e levei-o para junto da minha mala. :)

Por volta das 3h da tarde o pessoal da LEGO começou a despedir-se e a sala voltou a ficar vazia. Humm... Talvez vazia não seja a palavra mais adequada, visto que ainda lá estavam 40 candidatos e mais uns 10 funcionários da LEGO! =D

Os devidos agradecimentos foram feitos, por ambas as partes e as despedidas tiveram início. Foi um bocado difícil, porque já me estava a habituar às comidas estranhas! Mas para compensar, cada candidato teve direito a um saco com uns presentinhos...... =D Não vou inumerá-los para não criar mais invejas!

Antes da verdadeira partida, tivemos ainda direito a um bilhete para visitar o parque LEGOLAND mesmo ali ao lado. Não tive muito tempo, visto que o táxi para me levar ao aeroporto chegava às 17h, mas ainda assim fui espreitar a loja e dar uma volta pelo parque. Que saudades me deu dos momentos que passei com o pessoal da 0937! Podem achar-me um lamechas, mas se algum de vocês está a ler isto, acreditem: não é a mesma coisa sem vocês por lá! :')

O meu voo para Frankfurt partia às 18h30, mas só passada uma hora é que estava realmente a levantar voo de Billund. Na viagem de volta voltei a pegar no meu livro e continuei a ler. Cheguei a Frankfurt e aí despedi-me do meu novo amigo polaco: o Karwik, que apesar de ter sido do meu grupo durante todo o workshop, só tive realmente oportunidade de o conhecer na hora que passamos em Billund à espera do nosso voo. Despedimo-nos e cada um foi para o seu lado - literalmente.

Quando cheguei a Portugal tinha o meu irmão e mais duas (novas) amigas à minha espera. Estava exausto. E já falava um português manhoso, com palavras em inglês pelo meio...

Perdi alguns minutos a ver o meu mail e outros sites que já não consultava há dias. Assim que caí na cama, adormeci.

Foi sem dúvida umas das mais importantes experiências da minha vida! E ainda não acabou... Dentro de dias receberei um mail que ditará o final desta história.

Continua em [8ª Parte] De volta a Billund: para ficar!.
Leia mais...

[6ª Parte] De volta a Billund: a última chance!


Na sexta de manhã já só acordamos às 6h30. O Giles admitiu que tínhamos acordado cedo de mais no dia anterior! :)

O plano de actividades do segundo e último dia do workshop era ligeiramente diferente do anterior. Depois de termos o pequeno almoço tomado, teríamos de nos reunir na entrada da LEGOLAND Village para uma visita que iríamos fazer à Idea House - um museu de LEGO muito especial e com entrada um tanto ou quanto restrita. Seria a segunda vez em poucos meses que eu visitaria a Idea House.


Quando estávamos todos prontos, começamos o passeio que nos levaria até à Idea House, atravessando meia Billund! Se estivesse a chover teríamos táxis à nossa espera na entrada, mas como apanhámos uns belos dias de sol enquanto lá estivemos, tivemos mesmo de ir a pé.

Andamos durante uns 15 minutos, num passo calmo e relaxado. Estávamos com tempo! Deu para conversar mais um pouco com os meus novos amigos americanos... Falávamos sobre as expectativas de cada um, a ansiedade por receber uma resposta, o facto de nenhum designer se descair com uma informação que fosse sobre as reais possibilidades de qualquer um de nós ficar...

Quando chegámos à Idea House, à nossa espera estava Heidi Heidmann, a funcionária da LEGO com quem eu trocara vários e-mails antes da viagem para acertar todos os detalhes. Foi agradável perceber que a simpática Heidi com quem falara várias vezes tinha uma imagem a condizer: uma mulher alta, elegante, loura e muito bonita. Notava-se no entanto que já não estava no mesmo "escalão de idades" que eu, mas talvez também por isso me tenha parecido uma mulher tão interessante! =D

A propósito da Heidi, faço aqui um pequeno parêntesis para contar um episódio com ela que se passou mais para o final da manhã já na LEGOLAND Village: estava ela a arrumar umas caixas no canto da sala de convívio e eu tinha ido ao WC. Ao voltar, fui ao pé dela apresentar-me e agradecer por toda a disponibilidade e amabilidade no contacto anterior que tínhamos tido. Ao aproximar-me, chamei-a pelo nome dizendo: "Heidi!" (dito exactamente como se lê). Ela olhou para mim confusa e disse: "Sorry?", ainda asism com um sorriso no rosto. "You're Heidi, right?", disse eu. "Heidi!" (dizendo "Aidi"), corrigiu-me ela, acrescentando em tom de brincadeira: "Pensava que estavas a falar da minha idade!" (porque "Heidi", como eu estava a dizer tinha uma sonoridade um tanto semelhante a "eighty"...). Pois... Agora faltava-me aqui o smile FACEPALM.

Ainda na Idea House, tive oportunidade de ver algumas coisas que não tinha visto na primeira visita, mas por via das dúvidas não vou mencionar o que foi, porque algumas delas pareceram-me demasiado secretas para eu as partilhar agora. :) Infelizmente não pudemos visitar o Vault, porque não havia tempo suficiente, no entanto os meus amigos americanos, o Giles e o Fred (o francês) ficaram a saber onde era a porta para aquela gruta do tesouro! Confesso que me senti um privilegiado por ser o único entre eles que já tinha visitado o Vault! =D

A meio da manhã voltámos para a LEGOLAND Village, onde uma última tarefa aguardava por nós. Era o segundo exercício de construção, onde se esperava que as eventuais falhas do dia anterior, bem como as sugestões dadas pelo designer, fossem colmatadas e aplicadas, respectivamente.

No final de mais esta prova, o meu melhor estava dado. Aguardar era a palavra de ordem.

Leia mais...

[5ª Parte] De volta a Billund: até que os dedos me doam!


Tivemos apenas uns 20 minutos para almoçar. À nossa espera no refeitório estavam uma série de sanduíches diferentes, todas elas com pastas manhosas no meio... Mas qual é a obsessão dos dinamarqueses por maionese e semelhantes!?

Deviam ser aproximadamente 2h da tarde quando voltámos ao trabalho. Antes da prova seguinte, tivemos de  apresentar os "sets" que tínhamos construído antes do almoço ao grupo e ao Designer responsável pela nossa mesa, que no meu caso era o Simon Kent. Depois de apresentarmos o nosso modelo, o Simon tecia alguns comentários destacando o que de melhor tínhamos conseguido, para que servisse de exemplo para os outros nas próximas provas, visto que, na derradeira prova iria ser tido em conta se tínhamos estado a escutar com atenção as apreciações e sugestões dos designers.

Ao longo dos dois dias de workshop, cada candidato seria chamado para uma entrevista individual com dois dos mais importantes designers presentes (infelizmente sou péssimo a decorar nomes! =S). A minha vez chegou exactamente no momento em que tivemos de começar a 3ª e última prova do dia, por volta das 15h30.

A entrevista correu bem, as perguntas eram fáceis! LOL... Temas preferidos, temas que não apreciava tanto, temas em que gostaria de trabalhar... E uma muito curiosa: quais seriam as 4 qualidades e 1 defeito que os meus amigos diriam sobre mim se fossem interrogados a esse respeito. Deixarei a resposta ao vosso próprio critério! ;) Não precisam de a escrever! LOL Foram cerca de 25 minutos de perguntas e respostas num ambiente descontraído e agradável.

Quando voltei à sala de trabalho, já todos tinham começado a realizar a 3ª prova. "Grandes amigos... Começaram sem mim!", disse eu em jeito de brincadeira. De lápis na mão e papel à minha frente, comecei a pensar no que fazer.

A 3ª prova era novamente de desenho e concepção. Com o fim das apresentações, o 1º dia de Workshop estava terminado, pelo menos em termos de trabalho. Durante o jantar a boa disposição continuava a reinar, apesar do claro cansaço estampado no rosto de todos nós. Tínhamos acordado todos muito cedo e o dia tinha sido realmente desgastante.

Ficamos a conversar até tarde na sala de convívio. Por volta das 11h, o grupo com quem estava a conversar decidiu dispersar e ir cada um para o seu quarto descansar. Mais uma vez o Giles deitou-se primeiro e eu tentei ler alguns capítulos, mas o cansaço levou-me a melhor e parei ao fim do segundo!

Continua em [6ª Parte] De volta a Billund: a última chance!.
Leia mais...
Este blogue pertence a Marcos Bessa, eu próprio, e tudo o que aqui escrevo diz respeito apenas e só à minha opinião pessoal ou visão dos mais variados assuntos do quotidiano e não pode ser jamais confundido com a opinião, ideologia ou ponto de vista de qualquer outra entidade que possa estar ligada a mim, como seja a empresa que me emprega neste momento: LEGO System A/S.
Todo o conteúdo original deste blog não pode ser copiado, seja integral ou parcialmente, sem a devida referência à sua origem e um link para a mesma.
Todos os comentários publicados são da total responsabilidade dos seus autores.
Este blogue não tem qualquer apoio ou ligação com qualquer empresa aqui mencionada.